Argel minimiza expulsão de Vitinho e exalta maturidade do Inter

Do UOL, em Porto Alegre

Maturidade. Vitória consistente, segura. Com autoridade. Estas foram as expressões usadas por Argel Fucks após o primeiro jogo da final do Campeonato Gaúcho, neste domingo (1), entre Internacional e Juventude. Além de exaltar  a atuação, o treinador ainda evitou falar da expulsão de Vitinho – no segundo tempo da partida em Caxias do Sul.

"A expulsão do Vitinho não é mais importante que o jogo. Vamos falar do jogo, da vitória convincente, segura. O que me deixa feliz, tranquilo, é que a equipe teve maturidade. Temos uma equipe jovem, mas com jogadores experientes e maduros", disse Argel.

VITINHO FAZ FALTA POR TRÁS E É EXPULSO

  •  

Criador da bela jogada que terminou com o gol de Andrigo, Vitinho era herói até os 25 minutos da etapa final. Foi quando levou o segundo amarelo por falta no campo de ataque e acabou expulso. Na hora, de frente para o lance, Argel Fucks cobrou o jogador.

Depois da partida, o auxiliar técnico Galego chamou o camisa 11 de irresponsável. Coube a Argel contornar o fato publicamente.

"O Vitinho é um jogador importantíssimo. E vou falar algo internamente, se falar. Foi um lance bobo, acontece no futebol. Mas os jogadores correram pelo Vitinho, compraram e se comprometeram. E mesmo assim, a gente se portou muito bem. Jogar praticamente 30 minutos com um a menos, em uma decisão, não é fácil. Mas a equipe conseguiu suprir a ausência", comentou o treinador.

Além de proteger o atacante e valorizar a atuação, Argel pediu parcimônia ao Inter.

"Fizemos uma partida segura, consistente. O adversário tem muita qualidade, toma poucos gols, mas nossa equipe variou jogadas. Tivemos infiltrações, jogadas pelos lados. O gol veio em uma jogada linda. Demos um passo importante, não mais do que isso. Pezinho no chão", afirmou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos