Cortez nega queda na carreira e se diz motivado com chance no Grêmio

Do UOL, em Porto Alegre

Bruno Cortez foi apresentado pelo Grêmio na manhã desta segunda-feira (30). Feliz pela oportunidade, o jogador disse que não teve queda na carreira no período de São Paulo e mostrou-se feliz pela oportunidade. 

"Eu agradeço pela chance de jogar num clube grande como o Grêmio. Meus companheiros que me deixaram à vontade. Estou feliz e quero honrar essa camisa, todos que apostaram em mim. Estou super feliz", falou. 
 
Aos 29 anos, Cortez passou por uma série de clubes pequenos até ganhar destaque no Nova Iguaçu, do Rio de Janeiro. Foi, em seguida, para o Botafogo e chegou à seleção brasileira. Transferiu-se, depois, para o São Paulo, onde não teve a mesma sequência. Acabou emprestado ao Benfica, de Portugal, o Criciúma e o Albirex Nigaata, do Japão. Agora assinou com o Grêmio em definitivo. 
 
Mas mesmo com os períodos emprestado, não houve queda na carreira, na avaliação dele. 
 
"Se você analisar, fui melhor lateral do Brasileiro no Botafogo, fui para seleção jogando bem. Fui eleito melhor lateral do Campeonato Paulista no São Paulo. E ganhamos a Sul-Americana. No São Paulo joguei mais que no Botafogo. Cada lugar que eu vou tenho aprendido bastante. Agora quero dar o melhor", completou. 
 
Ele já treinava entre os titulares do time de Renato Gaúcho desde antes de ser apresentado. Foi anunciado no fim da semana passada após o Tricolor receber um documento vindo do clube paulista.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos