TJD espera súmula para denunciar Inter por briga de torcedores

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Reprodução

    D'Alessandro pede calma aos torcedores durante briga na arquibancada

    D'Alessandro pede calma aos torcedores durante briga na arquibancada

O TJD do Rio Grande do Sul irá denunciar o Internacional por conta da briga de torcedores membros de organizadas na partida contra o Veranópolis, no domingo. Porém, fará isso apenas depois da publicação da súmula da partida, algo que ainda não aconteceu. 

O árbitro Daniel Soder parou o jogo entre colorados e pentacolores aos 18 minutos do primeiro tempo por conta de uma briga generalizada nas arquibancadas do estádio Antonio David Farina. Eram torcedores da organizada Camisa 12 e membros da Guarda Popular entre socos e chutes. Posteriormente, um grupo saiu do estádio e municiou os brigões com pedras, que viraram perigosas armas arremessadas de lado a lado. A Brigada Militar separou todos e ordenou saídas. Depois de 17 minutos, o jogo recomeçou, e terminou com empate em 1 a 1. 
 
Ao todo, 46 aficionados fora detidos. O Internacional, depois, suspendeu preventivamente e cogita até excluir as duas organizadas de seu quadro de torcidas. Além disso, o Inter prometeu participar da identificação e punir os envolvidos na briga. 
 
O TJD esteve atento aos fatos. Pela gravidade do ocorrido, irá denunciar o Colorado, que pode ser multado e até perder mando de campo em jogos do Gauchão. Segundo o procurador Alberto Franco, a denúncia irá ocorrer apenas após a apresentação da súmula, para que o relato do árbitro seja analisado. 
 
O procedimento padrão após a súmula e a denúncia dá tempo para a defesa ser montada e posterior julgamento, caso seja acolhida a denúncia. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos