Nada de blindagem, estratégia do Inter com promessas é 'testar em campo'

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/Inter

    Charles está sendo preparado 'em campo' para assumir posto relevante no Inter

    Charles está sendo preparado 'em campo' para assumir posto relevante no Inter

O Internacional não vai defender suas promessas. Em vez de 'blindar' seus jogadores que despontam das categorias de base, a estratégia do técnico Antonio Carlos Zago é exatamente o contrário. 

Ele quer ver. Testar em campo, colocar para jogar e sentir a pressão. Só assim os meninos vão crescer sob a ótica do treinador. Com isso, entrando no decorrer de jogos complicados ou mesmo ganhando oportunidades como titular é que os garotos poderão ganhar rodagem para tornarem-se absolutos. 
 
"O importante era dar oportunidade. Assim que apareceram Junio, Charles, Ortiz que ainda não teve uma chance. O importante é achar a formação ideal e de vagar vamos encontrar isso. Estamos trabalhando e todos estão tendo a chance de mostrar seu futebol nos jogos", falou Zago. 
 
Junio e Charles estão à frente. A dupla tem mostrado bom rendimento em todas as partidas em que tiveram oportunidade de jogar. E contra o Novo Hamburgo, jogo de natural pressão pois o time estava perdendo em casa, Antonio Carlos chamou ambos para entrar. E novamente viu qualidades. 
 
Na última semana, Antonio Carlos revelou que internamente tenta 'abafar' os elogios principalmente a Charles. Mas que o expediente de oportunidades seguirá o mesmo. 
 
"Blindamos jogador quando não está bem. E o Charles foi muito bem contra o Brasil (de Pelotas). Mas naquele momento o Brasil tinha nove jogadores em campo. Teve chance hoje, mostrou o mesmo futebol", resumiu. 
 
O Internacional retoma treinamentos nesta segunda-feira. Na quarta, terá pela frente o Fluminense pela Primeira Liga. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos