Inter bate o Brasil de Pelotas e deixa últimas posições do Gauchão

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/UOL

    Roberson comemora gol pelo Internacional contra o Brasil de Pelotas

    Roberson comemora gol pelo Internacional contra o Brasil de Pelotas

O Internacional entrou em campo na zona de rebaixamento para a segunda divisão do Campeonato Gaúcho. Mas terminou com a primeira vitória pelo Estadual. Neste sábado (25), bateu o Brasil de Pelotas por 1 a 0 pela quinta rodada do torneio e entrou na zona de classificação para a próxima fase. 

O gol foi de Roberson em um jogo longe do tranquilo. Depois de um primeiro tempo de supremacia, o Colorado reduziu o ritmo na etapa complementar e acabou pressionado pelo adversário da zona sul do Estado. 
 
Mas conquistou os três pontos. Com eles atingiu o quinto lugar na primeira fase do Campeonato Gaúcho e chegou ao terceiro jogo consecutivo com vitória. Bateu antes o Oeste pela Copa do Brasil e o Criciúma pela Primeira Liga. O Brasil de Pelotas caiu para o nono lugar. 
 
A partida foi marcada pela volta de William, reintegrado ao elenco do Colorado. Ele foi muito vaiado quando entrou na equipe, no segundo tempo. 

Nico faz sua melhor partida

Reserva de Brenner, Nico López fez sua melhor partida com a camisa do Inter. O uruguaio teve três chances de gol que acabaram não dando certo. Mas deu assistência perfeita para o de Roberson, no primeiro tempo. 

Rodrigo Dourado não vai bem

O volante vermelho repetiu a última atuação. Ou seja, não foi bem. Errou passes, levou cartão amarelo e não conseguiu exercer a organização do time que cabe ao capitão, hoje ele na ausência de D'Alessandro. 

Paulão é aplaudido pelos torcedores

Paulão tinha convivido apenas com vaias em 2017. Até este sábado. A boa atuação do zagueiro rendeu aplausos dos torcedores do Internacional. Não foram poucos momentos em que o atleta ganhou disputas individuais e viu apoio vindo das cadeiras do Beira-Rio. 

Inter entra em campo na zona de rebaixamento

Com a vitória do Ypiranga sobre o Veranópolis, o Internacional entrou em campo contra o Brasil de Pelotas na zona de rebaixamento do Gauchão. Com três pontos em quatro jogos e sem vitória, o Colorado dividia posto com o São José, atrás nos critérios de desempate. 

Muitas chances, um gol

Não foi uma nem duas, o Internacional empilhou chances de gol. Só Nico López teve três oportunidades no primeiro tempo. Éder Sciola acertou a trave em lançamento de Léo Ortiz que tinha Carlos como destino. O ex-atleticano também perdeu duas oportunidades. Só o Colorado jogou, o Brasil de Pelotas só se defendeu, até os 36 minutos quando um escanteio ensaiado se transformou no gol vermelho. Um escanteio curto batido por Carlinhos para Nico López acabou em cruzamento que encontrou Roberson livre. Com o peito, o atacante colocou nas redes. 

Goleiro leva amarelo por má conduta

O goleiro Eduardo Martini, do Brasil de Pelotas, foi expulso no confronto entre as duas equipes pela Primeira Liga após discutir com árbitro. Neste sábado, fez algo ainda mais absurdo. Aos 27 minutos, Carlos disputou uma bola com Éder Sciola, que contra acertou a trave. O Colorado perdeu a chuteira no lance. Levantou-se e pegou chuteira. O goleiro tirou das mãos do atacante e atirou para fora do campo. O árbitro viu a conduta e deu amarelo. 

De novo? Pressão no segundo tempo preocupa

O Internacional fez contra o Brasil de Pelotas o mesmo que contra o Oeste pela Copa do Brasil. Voltou para o segundo tempo desatento. A pressão exercida na etapa inicial mudou de lado. Em vez do Colorado frequentar a área rival, foi a vez do Rubro-Negro povoar o campo rival. Só que contra o Oeste o time de Antonio Carlos Zago vencia por 3 a 0. Desta vez era apenas um. Mas o Brasil não conseguiu o empate. 

William volta e é vaiado

O lateral direito William foi reintegrado. Após acordo com o Internacional e posto novamente no elenco de cima, o jogador ficou no banco de reservas diante do Brasil de Pelotas. Quando seu nome foi anunciado pelo sistema de som do estádio, muitas vaias vieram da torcida. Quando entrou em campo, no segundo tempo, também recebeu vaias. 
 
FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 1 X 0 BRASIL DE PELOTAS
Data e hora: 25/02/2017 (Sábado)
Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Vinícius Amaral
Auxiliares: Maurício Silva Penna e Luiza Reis
Renda: R$ 288.985,00
Público: 11.851 (total)
Cartões amarelos:  Eduardo Martini (BRA), Éder Sciola (BRA); Paulão (INT), Rodrigo Dourado (INT); 
Gols: Roberson, do Inter, aos 36 minutos do primeiro tempo; 
 
INTERNACIONAL
Danilo Fernandes; Junio (William), Léo Ortiz, Paulão e Carlinhos; Rodrigo Dourado, Charles (Anselmo), Uendel e Roberson (Valdívia); Nico López e Carlos. 
Técnico: Antonio Carlos Zago
 
BRASIL DE PELOTAS
Eduardo Martini; Eder Sciola (Juninho), Cirilo, Leandro Camilo e Marlon; Leandro Leite, João Afonso, Nem, Lenílson (Wender) e Marcinho (Bruno Lopes); Gustavo Papa.
Técnico: Rogério Zimmermann

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos