Incertezas e esperanças. Estrangeiros centralizam expectativa para Gre-Nal

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Jeremias Wernek/UOL // Lucas Uebel/Grêmio

    D'Alessandro (e) e Lucas Barríos (d) são dúvidas para o clássico 412, no sábado

    D'Alessandro (e) e Lucas Barríos (d) são dúvidas para o clássico 412, no sábado

Os mesmos personagens de incerteza são os que dão esperança. Essa é a realidade de Grêmio e Inter para a edição 412 do clássico Gre-Nal, neste sábado (4), na Arena. De um lado D'Alessandro, de outro Lucas Barrios, e comum a eles a expectativa de jogar e ser protagonista. 

Lucas Barrios foi apresentado oficialmente nesta quarta-feira (1). O ex-palmeirense chegou definindo o desejo de estrear no clássico. Ciente do que significa o jogo contra o Internacional, ele está de olho em começar com o pé direito sua trajetória no Tricolor. 
 
"Eu prometo só trabalho. Em todos os times que eu joguei, sempre me esforcei ao máximo, e quando se faz isso, o objetivo de fazer gols vem. Sábado, se puder jogar, seria lindo jogar um clássico. A gente precisa sempre dar alegria para a torcida, ainda mais em nossa casa. Eu sei o que é este tipo de jogo e se Deus quiser eu queria estrear no Grêmio com uma vitória neste jogo", disse o jogador. 
 
Mas o empecilho é burocrático. A estreia de Barrios não está garantida porque ele tem passos a dar para estar apto a atuar. Sua rescisão de contrato precisa ser publicada no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF. Para apenas depois disso o contrato com o Grêmio ter o mesmo trâmite realizado. 
 
A direção gremista está confiante que isso possa ocorrer até sexta, com ele podendo estrear. É tudo que a torcida espera. Recebido com festa por mais de mil torcedores no aeroporto, o paraguaio carrega a expectativa de ser o 'fazedor de gols' que o técnico Renato Gaúcho tanto pede desde o ano passado. 
 
Já D'Alessandro retornou de empréstimo do River Plate no começo do ano. Tal regresso simbolizou a recuperação da autoestima da torcida do Inter. Abalados pelo rebaixamento à Série B no ano passado, os colorados vibraram com o capitão e ídolo de volta. No discurso, o desejo de recuperar a equipe. 
 
"Voltei para colocar o Inter de novo onde sempre deve estar. Que é a primeira divisão", disse em fevereiro. 
 
Com desempenho positivo em clássicos, D'Ale carrega a esperança de recuperar por inteiro a moral dos aficionados. 
 
Mas depende da condição física. Com um desconforto no adutor da coxa direita, ele não participou de nenhum dos treinamentos da semana e pode ficar fora do primeiro enfrentamento com o adversário em seu regresso. 
 
Grêmio e Inter se enfrentam às 18h30 (horário de Brasília) de sábado, na Arena. O jogo vale pela sexta rodada do Campeonato Gaúcho. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos