Gre-Nal eletrizante tem virada, gols de reservas e termina 2 a 2

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Gremio FBPA

    Marcelo Oliveira disputa bola com jogador do Inter em Gre-Nal

    Marcelo Oliveira disputa bola com jogador do Inter em Gre-Nal

Clássico Gre-Nal é um jogo 'feio', com poucas oportunidades e raros gols, certo? Errado. Neste sábado (04), tudo que se viu foi um jogo eletrizante, com virada, gols de reservas e placar empatado em 2 a 2. A sexta rodada do Gauchão deu um ponto a cada um e encheu de emoção as cadeiras da Arena. 

O Grêmio foi amplamente superior no primeiro tempo. Abriu 1 a 0 e poderia ter virado com dois ou três na frente. Mas na segunda etapa, o Colorado virou em três minutos. Uma vez na frente, o Inter se retraiu e o Grêmio empatou novamente. Fernandinho e Roberson, que entraram na segunda etapa, foram muito responsáveis pelo resultado. Cada um balançou as redes rivais uma vez. 
 
O resultado deixa o Grêmio na segunda colocação no Estadual com 11 pontos. Já o Inter vai a 7 pontos e é quarto colocado. O jogo antecedeu compromissos importantes por outras competições. Na quarta o Inter encara o Sampaio Corrêa pela Copa do Brasil. Na quinta, o Grêmio estreia na Libertadores contra o Zamora, na Venezuela. 
 

Bolaños é destaque da partida

O equatoriano Miller Bolaños tem sua trajetória no Grêmio marcada por um clássico Gre-Nal. Foi no ano passado, quando um lance com William acabou na fratura de sua mandíbula. De novo contra o Internacional, desta vez foi o jogo para comemorar. Ele marcou o primeiro gol da partida e foi destaque técnico do jogo. 
 

Carlos e Charles decepcionam em 45 minutos

Dos jogadores do Inter, dois se destacaram negativamente. Carlos e Charles mostraram em 45 minutos que não deveriam seguir no time. Com falhas ofensivas e defensivas, a dupla foi sacada por Antonio Carlos Zago antes que fosse ainda pior. 
 

4 minutos e a primeira polêmica

Bolaños enfia para Pedro Rocha que vai driblar Paulão e cai. O zagueiro do Inter vinha de carrinho. Foi o suficiente para muita reclamação. Renato Gaúcho protestou com o bandeirinha, os jogadores do Grêmio cercaram Leandro Vuaden e nada foi marcado. 
 

Grêmio na frente: Inter frequenta pouco o campo rival

Os 15 primeiros minutos foram de superioridade absoluta do Grêmio. Povoando o campo adversário, o Tricolor chegou perto de marcar em conclusão de Bolaños pelo lado direito. Danilo Fernandes pegou. Já o Colorado pareceu preso. D'Alessandro foi muito bem marcado e não conseguiu distribuir bons lances para Brenner e Carlos. Desta forma, frequentou pouco em condição de criação o campo rival. Quando teve sua melhor chance, aos 19 minutos, o Colorado deu espaço e sofreu o gol. Pedro Rocha encontrou Miller Bolaños, que colocou nas redes. 
 

Zago, preocupado, trata de mudar o time

O Internacional não foi superior ao Grêmio um minuto sequer da etapa inicial. Dominado e atrás no marcador, o técnico Antonio Carlos Zago viu os jovens de sua equipe em jornada longe do ideal. Charles e Ortiz foram mal. Brenner pouco tocou nela. Carlos errou todos os lances que tentou. Desta forma, tratou de colocar os reservas no aquecimento ainda antes dos 30 do primeiro tempo. E trocou non intervalo.
 

Virada em três minutos com mão de Antonio Carlos

O empate do Internacional tem muito de Antonio Carlos Zago. Foi ele quem deu as primeiras oportunidades a Brenner e pediu a contratação de Roberson. Numa tabela entre os dois, o ex-gremista bateu rasteiro e a bola ainda bateu na trave antes de entrar. Com 10 minutos de segundo tempo, o Inter igualou o jogo. E três minutos depois, uma troca de passes rápidas acabou em Brenner, que encobriu Marcelo e virou o jogo. 
 

Apertou? Chama o Barrios

Um minuto depois de levar a virada, o Grêmio promoveu a estreia de Lucas Barrios. O atacante vindo do Palmeiras entrou no lugar de Pedro Rocha e serviu para remobilizar a torcida, já abalada com o resultado. Em seu primeiro lance, o paraguaio quase marcou, de cabeça. Danilo Fernandes defendeu. 
 

Fernandinho empata para o Grêmio

Fernandinho estava em campo há menos de 10 minutos e empatou o jogo. Debaixo de chuva, aproveitou-se da força do chute para vencer Danilo Fernandes, que falhou. Cortou da direita para o meio e bateu forte para empatar. 
 

Corneta no sistema de som

Antes da partida e no intervalo, o sistema de som da Arena puxou a corneta ao Internacional. Acostumado a reproduzir apenas músicas bandar estrangeiras e rock como gênero predileto, as caixas de som do estádio gremista entoaram o hit 'Arerê' de Ivete Sangalo. Tudo porque no refrão os aficionados mudavam a letra para "Arerê, o Inter vai jogar a Série B". 
 
FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 2 X 2 INTERNACIONAL
 
Data e hora: 04/02/2017 (Sábado)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Leandro Vuaden
Auxiliares: Lúcio Beiersdorf Flor e José Eduardo Calza
Renda: R$ 1.909.003,00
Público: 45.903
Cartões amarelos:  Michel (GRE), Bolaños (GRE), Luan (GRE), Pedro Geromel (GRE); Léo Ortiz (INT), Paulão (INT), D'Alessandro (INT), Charles (INT), Nico López (INT), Anselmo (INT);
Gols: Bolaños, do Grêmio, aos 21 minutos do primeiro tempo; Roberson, do Inter, aos 10 minutos do segundo tempo; Brenner, do Inter, aos 13 minutos do segundo tempo; Fernandinho, do Grêmio, aos 23 minutos do segundo tempo; 
 
GRÊMIO
Marcelo Grohe; Léo Moura, Pedro Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Michel (Fernandinho), Jaílson (Lincoln), Ramiro e Miller Bolaños; Luan e Pedro Rocha (Barrios). 
Técnico: Renato Gaúcho
 
INTERNACIONAL
Danilo Fernandes; William, Léo Ortiz, Paulão e Carlinhos; Rodrigo Dourado, Charles (Roberson), Uendel e D'Alessandro; Carlos (Nico López) e Brenner (Anselmo). 
Técnico: Antonio Carlos Zago
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos