Ídolo, Série B, supremacia ou goleadas: Sobram atrativos para o Gre-Nal

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

    Bolaños e William estarão frente a frente novamente no clássico Gre-Nal 412

    Bolaños e William estarão frente a frente novamente no clássico Gre-Nal 412

Grêmio e Internacional entram em campo a partir das 18h30 (de Brasília) deste sábado. Em campo, a maior rivalidade do Rio Grande do Sul, e certamente entre as maiores do Brasil. Mas não é apenas isso que atrai qualquer apreciador de futebol ao jogo. Sobram motivos para o primeiro Gre-Nal de 2017 ser valioso. 

Pode ser o único do ano

O duelo vale pela primeira fase do Campeonato Gaúcho. E dependendo dos avanços deles, pode ser o único. Um segundo Gre-Nal - ou até mais - dependerá dos avanços de Inter e Grêmio no Estadual. Algo que parece simples, mas não tem sido tanto assim. Ano passado, por exemplo, o Tricolor não chegou à decisão. O Inter bateu o Juventude. E no segundo semestre, como o Inter não disputa a Série A, não há clássico previsto. 
 

Série B x Supremacia

O Internacional entrará em campo marcado neste Gre-Nal. Será a primeira vez que irá encarar o Grêmio como 'time de Série B'. O rebaixamento, único na história, será ainda mais lembrado por se tratar de um duelo na Arena, casa do rival. 
 
Ao mesmo tempo, o Grêmio não tem muito a celebrar ao perceber que a supremacia estadual é totalmente vermelha. O Colorado tenta o sétimo título gaúcho seguido, marca que seria histórica. Mesmo quebrando o jejum de títulos com a conquista da Copa do Brasil, falta aos azuis impedir mais uma volta olímpica do adversário. 
 

D'Alessandro está de volta

Ídolo do Inter, o capitão D'Alessandro voltou. Depois de empréstimo ao River Plate, o regresso do gringo é responsável por toda esperança da torcida do Internacional. E o Gre-Nal é a partida em que se sente melhor. No período em que esteve sem D'Ale, o Inter não venceu e sequer marcou gols no clássico. 
 
Com ele em campo foram 27 enfrentamentos com o Grêmio, sendo 13 vitórias, 9 empates e 5 derrotas. Ele marcou oito gols no tradicional adversário. Além de dar declarações polêmicas como: "A história fala por si e tem sido muito mais feliz deste lado que do outro", ou quando ao comemorar uma vitória ergueu um caixão com as cores do Grêmio. 
 

Goleadas na Arena e a estreia de Barrios

Em favor do Grêmio, as goleadas recentes na Arena. Em 2014, sob comando de Felipão, o Tricolor aplicou 4 a 1 no Internacional. No ano seguinte, com Roger no leme, foram 5 a 0. As vitórias emblemáticas, ambas na Arena, ainda estão na memória dos tricolores, mesmo que no último confronto no estádio o placar não tenha saído do 0 a 0. 
 
Além disso, Lucas Barrios poderá fazer seu primeiro jogo com a camisa azul, branca e preta. Principal contratação para a temporada, o paraguaio teve o nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) na quinta-feira e deve começar a partida contra o Inter. Foram poucos treinos com o novo time, mas o suficiente para ele receber rasgados elogios da comissão técnica. 
 

Bolaños x William, de novo

Um ano depois de uma cotovelada em uma disputa de bola que gerou muita polêmica, Bolaños e William estarão frente a frente. O encontro já ocorreu outra vez, mas agora tem novos tons. O lateral direito perdeu o apreço da torcida do Inter ao negociar sua saída. Só foi reintegrado após acordo com o clube e disputou apenas um jogo na temporada. Já o equatoriano justifica o mau rendimento no ano passado com as duas cirurgias pelas quais precisou passar para reconstrução da mandíbula fraturada pelo cotovelo do rival. Agora virou protagonista do time e vive sua melhor fase. Neste domingo, um novo duelo entre eles deve marcar o clássico. 
 
FICHA TÉCNICA

GRÊMIO X INTERNACIONAL

Data e hora: 04/02/2017 (Sábado), às 18h30 (Brasília)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Transmissão na TV: PPV
Árbitro: Leandro Vuaden
Auxiliares: Lúcio Beiersdorf Flor e José Eduardo Calza

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Léo Moura, Kannemann, Pedro Geromel e Marcelo Oliveira; Jaílson, Maicon, Ramiro, Bolaños e Luan; Lucas Barrios. 
Técnico: Renato Gaúcho

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; William (Junio), Paulão, Léo Ortiz e Carlinhos; Rodrigo Dourado, Charles, Uendel e D'Alessandro (Roberson); Carlos e Brenner. 
Técnico: Antonio Carlos Zago
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos