Zago cobra recomposição mas vê evolução em Nico López no Inter

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/Inter

    Nico López marca um dos gols do Inter na vitória sobre o Sampaio Corrêa

    Nico López marca um dos gols do Inter na vitória sobre o Sampaio Corrêa

Nico López voltou a ser titular do Inter. Depois de perder espaço para Brenner e Carlos, o atacante teve boa participação na goleada contra o Sampaio Corrêa, quarta-feira. Tanto que recebeu elogios de Antonio Carlos Zago depois da partida. 

A única questão que ainda demanda preocupação é a recomposição defensiva. Mesmo que no jogo Nico tenha recuado várias vezes contendo as ações do lateral adversário, sua ocupação de espaços sem a bola ainda requer evolução. 
 
"O Nico é diferenciado, trabalhei com ele na Roma, é rápido, o que cobramos e conversamos com ele - e com todos - é a recomposição que tem que ser rápida. Você tem que ajudar na fase defensiva. Ele e os outros atacantes tem ajudado nisso. É importante contar com jogadores diferentes. Ele é um destes jogadores", afirmou o treinador. 
 
Foi um gol e uma chance incrível perdida. O feito pelo uruguaio, no segundo tempo, contou com ajuda do zagueiro Breno, do rival, que tinha condições de afastar um lançamento de D'Alessandro, mas não conseguiu. A bola o encobriu, parou em Nico, que driblou o goleiro e marcou. 
 
Em seguida, uma oportunidade clara. Brenner entrou na área pela esquerda e na saída do goleiro rolou para o companheiro, sozinho. Nico chutou fraco e um defensor afastou a bola antes que ela passasse a linha de gol. 
 
Ao todo, o uruguaio soma seis partidas na temporada e já marcou três gols. Foi titular em quatro oportunidades. No domingo, diante do Juventude, Nico deve formar dupla ofensiva com Brenner novamente e quem sabe repetir a atuação da Copa do Brasil. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos