Renato elogia atuação e lamenta empate do Grêmio: "A bola pune"

Do UOL, em Porto Alegre

  • AP/Fernando Llano

Renato Gaúcho gostou do desempenho do Grêmio contra o Brasil de Pelotas, nesta quarta-feira (15), em jogo que fechou a sétima rodada do Campeonato Gaúcho. O treinador só não deixou o estádio Bento Freitas satisfeito por um detalhe: o placar, que terminou empatado.

Depois do 1 a 1, o técnico disse que o adversário 'achou um gol' e o Tricolor perdeu a chance de matar a partida ainda no primeiro tempo.

"Já dei os parabéns ao grupo, eles jogaram muito bem e criaram as melhores oportunidades. Principalmente no segundo tempo. O Grêmio dominou totalmente o Brasil, pelas oportunidades e a maneira como jogamos, merecíamos os três pontos. Infelizmente não aconteceu", disse Renato.

O Grêmio saiu na frente com o gol de Ramiro, ao pressionar a zaga. Mas levou o empate após escanteio desviado por Gustavo Papa. O erro na bola aérea ocorreu menos de 10 minutos depois da vantagem no placar.

"Criamos varias oportunidades, o Brasil praticamente não jogou. Eles acharam o gol no primeiro tempo. Só se preocuparam em jogar a bola na área. Eles se fecharam bem, mas ao mesmo tempo a minha equipe teve qualidade e várias oportunidades de gol. Oportunidades vivas mesmo. Poderíamos ter decidido o jogo ainda no primeiro tempo. Mas eu sempre falo, a bola pune. Tivemos várias chances e fizemos um gol só. Eles fizeram um gol em uma chance", afirmou o treinador.

Com o empate, o Grêmio chega a 12 pontos e divide o segundo lugar na tabela de classificação com o Caxias. O líder do estadual é o Novo Hamburgo, que acumula 18 pontos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos