De olho na Série B, Inter quer que Gauchão 'ensine o time a sofrer'

Do UOL, em Porto Alegre

Um campo grande, com grama diferente do que o time está habituado e iluminação aquém do ideal. Um adversário aguerrido, postado defensivamente, que apostou em individualizar a marcação e esperar o erro do Inter. Estas foram as características da partida contra o Ypiranga, nesta quarta-feira (22), que terminou 1 a 1. Mas que o Colorado quer que ensinem de olho na segunda divisão nacional. 

"Vamos sofrer o ano todo. Os adversários virão por uma bola, esperar, procurar erros nossos. Vacilamos. Mas no segundo tempo, pelo que apresentamos, merecemos", disse o goleiro Danilo Fernandes referindo-se à conquista da Recopa Gaúcha, nos pênaltis. Mas citando as dificuldades encontradas no jogo. 
 
E é exatamente este tipo de ensinamento que o Campeonato Gaúcho está dando ao Colorado. Duelos contra adversários menores que 'jogam por uma bola'. Individualizam marcação, contentam-se em conquistar um ponto. Procuram o contra-ataque incessantemente ou um erro do rival, como ocorreu nesta quarta. 
 
"São circuntâncias do jogo, mas foi um erro nosso o gol sofrido. Uma bola longa, do goleiro. Conseguimos reverter a imagem no segundo tempo. Um campo grande e pesado, um time que marcou forte e joga bem aqui. Conseguimos reverter tudo isso. Fica a dica para nós. Vamos ter muitos jogos assim e não podemos demorar para entender. Se acontecer, não podemos tomar gol. Que seja por mérito do adversário e não por erro nosso", disse D'Alessandro. 
 
O gramado do estádio Colosso da Lagoa também deve deixar lições. Grande, mal iluminado, com grama 'de jardim', necessitou adaptação nos primeiros minutos de jogo, forçou erros e marcou a memória dos atletas. Tudo para que no segundo semestre, quando algo semelhante acontecer na Série B, o elenco esteja 'calejado'. 
 
"Começamos muito apáticos, aceitando a equipe adversária. Querendo ou não o campo é gigante e eles estão acostumados. Esperávamos a bola vir no chute de longe e a bola parava. Não vamos arrumar desculpa. Foi importantíssimo o título (da Recopa). Estamos felizes", acrescentou Danilo.
 
"Estes jogadores aqui vão ajudar e muito o Inter conquistar o principal objetivo que é a Série B. Temos jogadores que estão crescendo, e isso é o mais importante", finalizou o técnico Antonio Carlos Zago. 
 
No domingo, mais uma batalha no Gauchão. Na zona de classificação para a próxima fase graças ao empate desta quarta, o Colorado terá pela frente o São José-RS, fora de casa. O jogo está marcado para as 16h (de Brasília). 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos