Léo Moura supera expectativa criada dentro do próprio Grêmio

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

    Léo Moura foi até deslocado para o meio-campo por conta da boa fase

    Léo Moura foi até deslocado para o meio-campo por conta da boa fase

Léo Moura, 38 anos, está acima da expectativa que o próprio Grêmio criou para ele, neste começo de 2017. Indicado por Valdir Espinosa e Renato Gaúcho, o lateral direito acumula 10 jogos e três gols pelo Tricolor. Mais do que isso, na ausência de vários titulares passou a ter papel decisivo na dinâmica de jogo do time gaúcho.

A vitória em cima do Juventude foi mais um exemplo disso. Em boa fase, Léo Moura foi deslocado para outro setor e seguiu no time.

"O Léo Moura é um jogador que está acima da expectativa. Quando ele veio, tínhamos uma ideia, mas ele está ultrapassando o que imaginávamos. Muito, muito bom. Partidas em altíssimo nível", disse Odorico Roman, vice de futebol do Grêmio.

Livre no mercado após deixar o Santa Cruz, Léo Moura foi procurado por Espinosa e Renato justamente para dar mais estofo a um elenco que não tinha substituto para Edílson, o titular absoluto da lateral direita na temporada passada.

"No futebol você precisa procurar botar em campo os jogadores que vem se destacando. Você precisa achar uma posição, se for o caso. O Léo começou jogando porque o Edílson fez cirurgia. Ele vinha muito bem, o Ramiro também. E por merecimento o Edílson tinha que voltar. Sempre sou muito grato aos jogadores que conseguem conquistar um título. Eu coloquei o Léo um pouco mais à frente, em alguns momentos trocou de posição com o Edílson e Ramiro para confundir a marcação", comentou Renato Gaúcho.

Na estreia da Libertadores, diante do Zamora-VEN, Léo Moura deu a primeira prova de que seria importante. Ele se deslocou da lateral, apareceu pela intermediaria e finalizou de dentro da área após tabela com Pedro Rocha.

A movimentação foi repetida diversas vezes nas partidas recentes. Contra o Brasil de Pelotas, a origem do gol de Ramiro tem participação de Léo Moura e seu avanço pelo centro. Diante do Novo Hamburgo, o gol nos acréscimos confirmou a vocação ofensiva. Dentro da área, o camisa 88 aproveitou cruzamento de Marcelo Oliveira e fez.

Por fim, no duelo com o Juventude, estava dentro da área para pegar o rebote do goleiro após chute de Edílson e marcou o terceiro gol pelo Grêmio.

"O jogador só segue no time se mantiver o alto nível. Quero fazer isso. Desde o momento que entrar para jogar quer ajudar da melhor forma possível", disse Léo Moura.

No Grêmio deste início de 2017, Léo Moura é titular. E Renato não tem problema com isso, inclusive improvisando ou criando um cenário diferente para manter o jogador na equipe. Afinal de contas, os gols e as boas atuações superaram as expectativas na Arena.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos