Na ruim e na boa: Renato abraça excluídos e minimiza falhas do Grêmio

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Grêmio

    Renato Gaúcho dá força para os jogadores até em momentos de erros claros

    Renato Gaúcho dá força para os jogadores até em momentos de erros claros

Para manter o bom ambiente no grupo do Grêmio, o técnico Renato Gaúcho esbanja experiência. Na meta de 'dar apoio' a todos para que estejam do seu lado em hora decisiva o ex-camisa 7 recupera excluídos e elogia até nos momentos de falha. 

O primeiro na relação de jogadores que têm apoio de Renato Gaúcho independentemente de qualquer pressão da torcida é Bressan. Tanto que o defensor foi capitão do time reserva na derrota para o São Paulo-RS, na quarta-feira. 
 
"A confiança no Bressan é total. Eu assisti aquele jogo que muita gente criticou e ele não teve culpa. É jogador do Grêmio. Em 2013 foi vice-campeão brasileiro. Se cada jogador tiver uma falha, que não foi o caso dele, vamos afastar, vamos precisar de 120 jogadores. Garoto bom, do grupo, confio muito nele. Foi vice comigo em 2013, se não me engano com a defesa menos vazada. Se tiver outra oportunidade, vai voltar a jogar", disse o treinador. 
 
A insatisfação da torcida do Grêmio em relação a Bressan vem do ano passado. As falhas na Libertadores e no Gauchão resultaram na sua saída do clube. Após empréstimo ao Peñarol, do Uruguai, ele voltou neste ano chamado por Renato e continuará recebendo oportunidades. 
 

Falhas não abalam a confiança

O mesmo vale para o goleiro Bruno Grassi. Após falhar feio no gol do São Paulo-RS, o suplente de Marcelo Grohe também foi absolvido. Segundo Renato, os erros acontecem com qualquer profissional do futebol. 
 
"Falhar todo mundo falha, já conversei com o Bruno e botei ele para cima. Hoje foi o Bruno, amanhã pode ser outro. Todo mundo tem chance de falhar, infelizmente aconteceu. A gente não queria perder, mas aconteceu na hora certa. Pior se fosse numa semifinal e a gente ficasse fora", comentou. 
 
Tudo monta a estratégia do treinador de minimizar qualquer impacto dos erros no grupo. A 'tática do carinho' blinda os atletas e sustenta o grupo ao lado do treinador.
 
O Grêmio volta a campo neste domingo. Abre as quartas de final do Campeonato Gaúcho contra o Veranópolis, fora de casa. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos