Grêmio mantém plano e deve usar reservas e 'transição' na Primeira Liga

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel /Grêmio/Divulgação

    Time de transição do Grêmio deve receber reforço de suplentes do elenco principal

    Time de transição do Grêmio deve receber reforço de suplentes do elenco principal

O Grêmio usará reservas diante do América-MG, no terceiro jogo da fase de grupo da Copa da Primeira Liga. A confirmação ocorreu neste domingo (2), logo depois da vitória diante do Veranópolis, na partida de ida das quartas de final do Gauchão. Com isso, o clube gaúcho mantém a postura diante do torneio e a estratégia para dosar o grupo principal.

Até aqui, o Grêmio perdeu para o Flamengo e empatou com o Ceará na competição. Mas se vencer o jogo de quarta-feira, pode se classificar.

"Não tem revezamento. O pessoal está há tempos sem jogar. A Liga é outra história, é um time totalmente diferente de hoje", disse Renato Gaúcho. "Talvez um time misto, transição com reforços que precisam pegar ritmo. Ou jogadores que não vão começar no sábado. Vai ser um time de transição reforçado", explicou Odorico Roman, vice de futebol do Grêmio.

O time de transição, grupo com jogadores que não participam do elenco principal e também estão fora das categorias de base, deve receber o reforço de nomes como Leonardo, Bruno Rodrigo e Bruno Cortez.

A ideia é dar ritmo aos jogadores do elenco principal que não atuaram com frequência, mas não expor nenhum dos considerados titulares a risco de lesão ou desgaste.

Grêmio e América-MG se enfrentam na Arena do Grêmio quarta-feira, a partir das 19h30 (Brasília). No sábado, o Tricolor recebe o Veranópolis no jogo de volta das quartas de final do Gauchão. E na terça-feira, o jogo é com o Deportes Iquique-CHI, pela Copa Libertadores. Também em casa.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos