Barrios marca pela 1ª vez e Grêmio fica perto da semi do Gauchão

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

    Lucas Barrios entrou no segundo tempo e definiu placar em Veranópolis

    Lucas Barrios entrou no segundo tempo e definiu placar em Veranópolis

O Grêmio ficou muito perto da semifinal do Campeonato Gaúcho. Neste domingo (2), o Tricolor venceu o Veranópolis fora de casa por 2 a 0. Miller Bolaños abriu o placar e Lucas Barrios fez o primeiro dele pelo clube gaúcho e definiu a partida. O placar ainda poderia ser maior, se não fosse a pontaria de Pedro Rocha e Luan.

A partida, no estádio Antônio David Farina, marcou os retornos de Geromel e Maicon. Lucas Barrios mais uma vez começou no banco de reservas e entrou nos minutos finais. O camisa 18 teve tempo para cair sozinho e marcou o primeiro gol pelo Grêmio.

Com a vitória fora de casa, o Grêmio pode até perder por 1 a 0 na partida de volta – sábado que vem em Porto Alegre, que estará na semifinal do Gauchão. O vencedor do duelo pega o ganhador de Novo Hamburgo e São José-POA.

Quem foi bem: os estrangeiros decisivos

Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Miller Bolaños, Gastón Fernández e Lucas Barrios dividem o posto de destaque do jogo. O camisa 23 jogou por mais tempo, abriu o placar e ajudou bastante o ataque do Grêmio. Lucas Barrios marcou o segundo do confronto em assistência de La Gata Fernández. A dobradinha deles quase rendeu outro gol, pouco depois. A finalização foi para fora.

Quem foi mal: Reinaldo falha e 'paga' o Grêmio

O Grêmio empatou com o Veranópolis e perdeu para o São Paulo-RS, na fase de classificação, com falhas de seus goleiros. Léo e Bruno Grassi erraram e influenciaram no placar. Desta vez o Tricolor não pagou, mas recebeu. A saída errada de Reinaldo foi decisiva para o escore da partida. O camisa 1 do Veranópolis ainda vacilou em outras saídas do gol e foi o ponto fora da curva no time do interior.

Personagem: Maicon volta em grande estilo

A assistência no gol de Miller Bolaños foi o auge da atuação de Maicon, mas o jogo dele não se resumiu ao lance. Recuperado de lesão na panturrilha, o volante foi vital para a construção de jogo e estabilizou um setor do Grêmio que vinha sofrendo em 2017. Com boa ocupação de espaço e ótimo passe, o camisa 8 voltou em grande estilo e com participação importante.

Grêmio troca tabelas por lançamentos

O Grêmio foi melhor que o Veranópolis, mas com uma estratégia diferente. Ao contrário de boa parte dos jogos deste ano, o time de Renato Gaúcho abriu mão da circulação por dentro do campo e investiu nas bolas longas.

Lançamentos criaram as melhores chances do Tricolor, desde o gol de Miller Bolaños com uma contribuição do goleiro adversário, até as finalizações de Pedro Rocha e Luan - que também poderiam ter acabado na rede.

A escolha por este expediente se explica pelo gramado no estádio Antônio David Farina, irregular, e o retorno de Maicon. Com a bola longa, o lançamento para corrida de Pedro Rocha e companhia, o Grêmio não só explorava uma defesa que joga adiantada como também reduz os riscos de perder a posse com um jogo pelo chão e próximo de seu campo.

Melhor defesa falha feio

O Veranópolis fechou a fase de classificação com apenas oito gols sofridos, ou seja, o time menos vazado do Gauchão. Só que na abertura das quartas de final, o time da Serra não foi bem nesse quesito. A defesa falhou, além do erro do goleiro Reinaldo no gol de Bolaños. Muito adiantada e lenta, por característica, a primeira linha sofreu muito quando dos lançamentos. E também teve muita dificuldade para encarar as tabelas e infiltrações do Grêmio.

Renato adianta Bolaños e inverte uso de Ramiro

Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Miller Bolaños jogou mais perto do gol contra o Veranópolis e com isso, Luan ficou posicionado como armador. A dupla ainda teve liberdade para flutuar e criar confusão no sistema defensivo adversário. Mas o equatoriano próximo da área foi outra ação dentro da estratégia de jogo do Grêmio, explorar a bola longa e a velocidade e abrir mão da circulação por dentro.

No segundo tempo, Renato Gaúcho inverteu o uso de Ramiro. Volante na formação inicial, o camisa 17 passou para a linha de três no 4-2-3-1 com a entrada de Michel na vaga de Léo Moura. A segunda substituição do treinador foi Barrios na vaga de Miller Bolaños e a última colocou Gastón Fernández e retirou Pedro Rocha. Com as trocas, a equipe explorou ainda mais os espaços e jogou mais pelo chão do que nos minutos iniciais.

FICHA TÉCNICA
VERANÓPOLIS 0 X 2 GRÊMIO

Data e hora: 02/04/2017 (domingo), às 16h (Brasília)
Local: estádio Antônio David Farina, em Veranópolis (RS)
Árbitro: Anderson Daronco Auxiliares: José Eduardo Calza e Mateus Olivério Rocha
Cartões amarelos: Jonathan Lima, Athos, Jadson (VEC); Maicon (GRE)
Gols: Miller Bolaños, aos 35 minutos do primeiro tempo (GRE); Lucas Barrios, aos 42 minutos do segundo tempo (GRE)

VERANÓPOLIS: Reinaldo; Vinicius, Zé Roberto, Douglas e Jadson; Jonathan Lima (Mateus Lagoa), Mateus Santana, Eduardinho, Athos e Keké (Gustavo); Jean Carlos (Kayron)
Técnico: Tiago Nunes

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Ramiro, Maicon, Léo Moura (Michel), Miller Bolaños (Lucas Barrios) e Pedro Rocha (Gastón Fernández); Luan
Técnico: Renato Gaúcho

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos