Grêmio faz gol relâmpago, atropela o Veranópolis e vai à semifinal

Do UOL, em Porto Alegre

  • PEDRO H. TESCH/ELEVEN/ESTADÃO CONTEÚDO

    Miller Bolaños (d), do Grêmio, comemora gol com menos de 1 minuto contra o Veranópolis

    Miller Bolaños (d), do Grêmio, comemora gol com menos de 1 minuto contra o Veranópolis

Antes de um minuto de jogo, o Grêmio já vencia o Veranópolis. O gol 'relâmpago' de Miller Bolaños, com 50 segundos de jogo, abriu caminho para uma goleada sobre o Veranópolis, neste sábado (08), em duelo de volta das quartas de final do Gauchão. Com o 5 a 0, o Tricolor atingiu 7 a 0 no placar agregado e classificou-se para semifinal com total tranquilidade. 

O adversário do Grêmio será o Novo Hamburgo, que voltou a vencer o São José-RS por 1 a 0, repetindo o placar do jogo de ida, e avançou. O duelo de ida será no próximo final de semana. Antes, na terça-feira, o time de Renato Gaúcho terá pela frente o Deportes Iquique, do Chile, pela Libertadores. 
 
O resultado se construiu com supremacia absoluta do Grêmio. Em uma grande partida, a equipe de Porto Alegre não tomou conhecimento do adversário, que insistiu em sair jogando com toques curtos e perdeu muitas vezes a bola em locais perigosos de campo. 
 
Foi assim no gol de Bolaños, quando um recuo errado acabou nos pés dele, que encobriu Reynaldo. E não seria injustiça se o placar fosse ainda mais largo. Tanto que com três de vantagem, no segundo tempo, Renato tratou de tirar titulares e efetuar preservações para a Libertadores. Mesmo assim, o Grêmio seguiu marcando gols. 
 

Duas assistências e um gol: Bolaños é o melhor do jogo

Num time em que todos os jogadores foram bem, Bolaños foi espetacular. O equatoriano deu duas assistências, marcou um gol e foi protagonista em outros tantos lances de perigo na goleada gremista. Acabou substituído e aplaudido de pé na Arena. 

Zé Roberto começa dando presente

O zagueiro do Veranópolis foi personagem do jogo. Pior para seu time. Um recuo totalmente errado antes de um minuto de jogo já fez sua equipe começar atrás. 
 

Substituto de Maicon não dá brecha

Michel substituiu Maicon e deu segurança à torcida do Grêmio. O jogador, que pode precisar atuar na terça-feira em razão de uma lesão do capitão do time, quase fez um golaço da intermediária, apareceu bem no ataque e foi seguro na defesa. Se precisar, não há qualquer dúvida sobre a colocação dele na equipe. 
 

Bolaños ganha presente e faz gol relâmpago

Não tinha nem um minuto de jogo e o Grêmio saiu na frente. O zagueiro Zé Roberto, do Veranópolis, foi tentar recuar para Reynaldo. Apertado por Bolaños, errou o toque e deu um presente ao equatoriano. Com categoria, ele encobriu o goleiro e abriu o placar. Se já estava na frente por ter vencido o jogo de ida, o Tricolor encaminhou o resultado logo na abertura do jogo. 
 

Grêmio é amplamente superior: 3 a 0

O Grêmio não reconheceu seu adversário. Foi amplamente superior. Com marcação adiantada, tirou a saída de bola do adversário, que insistiu em tentar trocar passes no setor defensivo. Perdeu chance com Léo Moura, que acertou a trave. Michel, quase do meio-campo, por pouco não fez um golaço. Também acertou a trave. E aos 29 minutos, Luan retomou a bola, tabelou com Bolaños e colocou nas redes. Em seguida, chance para o terceiro ao menos mais duas vezes. E no fim do primeiro tempo, Pedro Rocha driblou dois marcadores e colocou mais uma vez a bola na rede adversária. 
 

Veranópolis peca na defesa e insiste

O principal defeito do Veranópolis já tinha se apresentado no jogo de ida, vencido pelo Grêmio por 2 a 0. A saída de bola. A defesa, com jogadores sem a mesma capacidade técnica do restante do time, insistiu em tentar sair jogando e trocar passes perigosamente no campo defensivo. No duelo de ida já tinha gerado um gol gremista, no de volta foram dois. Primeiro com erro no recuo de Zé Roberto para o goleiro Reynaldo. E depois com Luan retomando a bola na intermediária. Mas a conduta perigosa foi regra até o fim da partida. 
 

Grêmio preserva titulares, Barrios faz golaço e goleada só cresce

Com resultado garantido, o Grêmio tratou de poupar titulares. E seguiu melhor no jogo. Barrios, Fernández e Thyere entraram para preservar Luan, Geromel e Bolaños visando o jogo de terça-feira pela Libertadores. E nem assim o Veranópolis reagiu. Barrios recebeu de Bolaños, driblou o zagueiro duas vezes e fez um golaço aos 24 minutos. Dois minutos depois Douglas cometeu pênalti e Edílson fez o quinto. 
 

Pentacolor usa sexta cor

O Veranópolis é conhecido como Pentacolor da Serra por conta das cinco cores que pintam sua bandeira. Azul, branco, amarelo, vermelho e verde. Só que ao utilizar o uniforme reserva diante do Grêmio, o time mostrou uma sexta cor. Camisas e calções em tons de cinza. 
 
FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 5 X 0 VERANÓPOLIS
 
Data: 08/04/2017 (Sábado)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Leandro Vuaden
Auxiliares: Maurício Penna e Tiago Diel
Renda: R$ 389.976,00
Público: 15.595 (total)
Cartões amarelos:  Jadson Silva (VEC), Douglas (VEC), Murilo (VEC), Jonathan Lima (VEC);
Gols: Bolaños, do Grêmio, com 1 minuto do primeiro tempo; Luan, do Grêmio, aos 29 minutos do primeiro tempo; Pedro Rocha, do Grêmio, aos 43 minutos do primeiro tempo; Lucas Barrios, do Grêmio, aos 24 minutos do segundo tempo; Edílson, do Grêmio, aos 26 minutos do primeiro tempo; 
 
GRÊMIO
Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel (Rafael Thyere), Kannemann e Marcelo Oliveira; Michel, Ramiro, Léo Moura, Bolaños (Gata Fernández) e Pedro Rocha; Luan (Lucas Barrios). 
Técnico: Renato Gaúcho
 
VERANÓPOLIS
Reynaldo; Vinícius Bovi, Zé Roberto, Douglas e Jadson Silva (Murilo); Jonathan Lima, Mateus Santana, Eduardinho e Athos (Gil Mineiro); Keké e Gustavo (Favone).
Técnico: Tiago Nunes

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos