Lomba elogia Valdívia e 'não quer relaxar' no gol do Internacional

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/Divulgação SC Internacional

    Marcelo Lomba alerta para cuidados no Campeonato Gaúcho e elogia Valdívia

    Marcelo Lomba alerta para cuidados no Campeonato Gaúcho e elogia Valdívia

Marcelo Lomba rasgou elogios a Valdívia. Entendendo a cobrança ao meia-atacante de 22 anos, o goleiro disse que ele está tendo a oportunidade de mostrar tudo o que se espera. O reserva de Danilo Fernandes, que ocupará o gol do Inter pelos próximos dois meses devido a lesão do titular, ainda alertou para os cuidados a tomar nas quartas de final do Gauchão. 

"A gente não conhece o estádio, mas têm informações. Nunca joguei lá, mas o gramado é irregular, o estádio é apertado. Temos que estar preparados e prevenidos. Se o gramado não é tão bom, tem que evitar os passes ali atrás e jogar em profundidade. Talvez o jogo não se desenvolva em baixo, mas jogadas aéreas. Vamos conversar, ver os vídeos e definir nossa estratégia", disse em entrevista coletiva antes do treinamento deste sábado. 
 
O goleiro foi titular diante do Cruzeiro-RS já no jogo de ida. O Colorado venceu por 3 a 1 e ele teve uma de suas melhores atuações com a camisa vermelha. Tudo em razão de uma fratura no pé esquerdo que sofreu Danilo Fernandes, o titular no posto. 
 
"Foi tudo muito rápido. Um lance muito triste o que houve com o Danilo, nem esperávamos que fosse alguma coisa séria. Ao mesmo tempo que temos mais tempo para se preparar, é sempre bom ter aquela adrenalina de momento importante. Não quero relaxar. Não é porque vencemos o primeiro jogo que será mais fácil. Será difícil, longe de casa, temos vantagem, mas se levar um gol a coisa muda. Então não podemos levar gol e, se fizermos mais, teremos tranquilidade", disse. 
 
No jogo, Valdívia marcou o terceiro gol vermelho e chorou. Depois de uma semana de especulações e possível saída do clube, o atacante não aguentou a emoção ao comemorar. Foi, na opinião de Lomba, sinal de recuperação. 
 
"Com a gente ele é nota mil. O Val (dívia) é um dos meus melhores amigos no elenco. Por tudo que ele viveu no ano passado, incluindo a lesão, ele quer que as coisas deem certo, quer dar a volta por cima. E as coisas demoram um pouco mais. Ele está 100% só agora. Como as pessoas esperam muito dele, porque sabem que tem para dar, a cobrança é maior. Mas tem total suporte nosso, do grupo, do treinador. Na última semana tiveram algumas especulações, que é claro que devem ter mexido com ele, porque ele tem um carinho especial pelo clube. Mas, nada melhor da oportunidade de dar esta resposta, e agora é um grande momento", finalizou. 
 
O trabalho do Internacional ocorreu em Viamão, na região metropolitana de Porto Alegre. Com portas fechadas e longe de seu Centro de Treinamentos, o Colorado visa a melhor formação para encarar o Cruzeiro-RS às 16h (de Brasília) de domingo no estádio Vieirão. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos