Renato vê respeito do Grêmio em 5 a 0 e pede 'pés no chão' na Libertadores

Do UOL, em Porto Alegre

Para Renato Gaúcho, golear o Veranópolis em uma grande atuação foi um ato de respeito. Com total supremacia na partida, o Tricolor não fez qualquer jogada que pudesse soar como humilhação ao rival. Pelo contrário, foi atento os 90 minutos e empilhou gols: 5 a 0. Agora, a ideia é não deixar que isso eleve a moral em demasia para a Libertadores. 

"Pedi para eles (jogadores) focarem no jogo, não deixar o adversário sair jogando e aproveitar as oportunidades. Fizemos um gol bem cedo, o que facilitou as coisas para nós. Criamos várias chances de gol, mas hoje fomos eficientes. Dei os parabéns a eles, foi uma grande partida. Foi uma grande exibição. A partida me agradou bastante", disse o treinador. "Eu avisei que com o gol, encontraríamos espaços e não deveríamos nos acomodar em momento algum. Os jogadores brigaram, lutaram, fizeram o que foi pedido. Por isso ganharam os parabéns. Não desistiram de jogar em momento algum. Foi um pedido meu, e é sempre assim, sem humilhar ninguém, jogando sério, buscando o gol. O Veranópolis também, em momento algum perdeu a cabeça e deu pontapé. As duas equipes jogaram, o Grêmio foi mais eficiente e fez os gols", completou. 
 
O placar se construiu com uma grande partida do Tricolor e absoluto comando das ações de campo. Foram três gols no primeiro tempo, e mesmo com Renato Gaúcho preservando alguns titulares na etapa final, mais dois. 
 
Agora, a meta é não deixar que uma classificação como esta eleve a moral em demasia de olho na partida de terça-feira, pela Libertadores, contra o Deportes Iquique. 
 
"Pés no chão. Não é porque o Grêmio goleou que o torcedor vai achar que tem que goleador. Será outro campeonato, Libertadores, um jogo catimbado, o torcedor tem que vir para Arena incentivar nosso time, mas na cabeça que o jogo é difícil. E é difícil mesmo. Com o apoio deles (torcedores) podemos ter uma grande apresentação e conseguir a vitória. Melhorou nossa confiança, mas sem dúvida alguma precisamos muito do torcedor", afirmou o técnico. 
 
O Grêmio encara os chilenos pela Libertadores na terça-feira, na Arena, às 21h45 (de Brasília). 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos