Keiller não quer mudar rotina por preservação: "Não posso pensar nisso"

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

Keiller é o único goleiro à disposição do Inter para a final do Campeonato Gaúcho. E não quer mudar a rotina por causa disso. Ao invés da preservação, o jovem de 20 anos quer manter a rotina. Em entrevista coletiva, aproveitou para dar dicas ao jogador de linha que for ficar no banco.

"Eu acho que tenho que continuar a rotina, não tenho que mudar nada, cuidar com lesões... Por mim, não mudaria nada, trabalharia até mais. Foi tranquilo esta questão", disse o jogador.

Keiller entrou na equipe no começo do jogo contra o Caxias. Marcelo Lomba se machucou e sobrou para o terceiro goleiro virar titular. De uma hora para outra, mudou toda rotina.

"Foi novo. Minha semana foi muito nova. Saber trabalhar em cima da repercussão, uma coisa muito nova. Me preparei para isso, mas depois do que passou, do jogo, foram só alegrias", explicou.

Como só Danilo e Lomba estão inscritos no Gauchão além de Keiller, não há substituto disponível. Sem escolher o jogador que poderá ocupar posto em uma eventual necessidade, Keiller deu dicas.

"Tem que ser um cara alto e arrojado, mas não vou dizer quem pode ir... Não sei... É com a comissão técnica", disse. "Não me passaram nada (jogador de linha que poderá jogar no gol), é questão da direção, não sei o que houve. Falei com Marcelo, ele está se sentindo melhor, não sei a relação clínica dele. Não sabemos nada, não estou por dentro", acrescentou.

Nesta terça, Keiller não participou da segunda parte do treinamento. Foi preservado do momento em que os goleiros atuaram junto aos jogadores de linha. Tudo para não sofrer nenhum dano tendo em vista a final do Estadual.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos