Inter consegue transação disciplinar e libera Zago e Galeano para final

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

O julgamento do técnico Antonio Carlos Zago e do auxiliar Galeano não aconteceu. Nesta quarta-feira (26) ambos deveriam ter analisadas condutas na confusão ocorrida no jogo contra o Caxias, em duelo de ida da semifinal do Gauchão. Mas o departamento jurídico do Internacional conseguiu utilizar um mecanismo chamado 'transação disciplinar' e liberou ambos. 

O mecanismo está previsto no CBJD. O acordo foi homologado na terça-feira no início da noite. Com ele, o Colorado arcará apenas com o pagamento de multa por conta de ambos os profissionais. 

Antonio Carlos Zago poderia pegar de quatro a 12 jogos de suspensão por conta do artigo 254-A, que trata de agressão. Já Galeano poderia ficar fora de uma a cinco partidas por ato hostil. 

Mas com o acordo, ambos estão liberados para trabalharem normalmente na final do Gauchão, cujo primeiro jogo ocorrerá no domingo às 16h (de Brasília) no Beira-Rio. 

Entre os demais julgados nesta quarta, o médico do Caxias, Jefferson Mezzomo, pegou quatro jogos de suspensão. William, lateral do Inter, uma partida (já cumprida) pela expulsão, e o árbitro Roger Goulart foi apenas advertido. 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos