Inter questiona local de final e quer posição da FGF sobre nova inscrição

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Divulgação/AI Inter

    Estádio do Vale, em Novo Hamburgo, não tem capacidade para receber final

    Estádio do Vale, em Novo Hamburgo, não tem capacidade para receber final

O Internacional emitiu um comunicado oficial em que questiona duas decisões da Federação Gaúcha de Futebol. A primeira parte se refere ao local do jogo de volta da final, inicialmente indefinido. A segunda é um posicionamento oficial sobre a inscrição de um novo goleiro.

Sobre o local do jogo de volta da final do Gauchão, o Colorado quer o cumprimento do regulamento que prevê que a final, com participação de Inter ou Grêmio, não pode ser disputada em um estádio com capacidade inferior a 10 mil torcedores.

O Novo Hamburgo trabalha com a instalação de arquibancadas móveis no Estádio do Vale para atingir tal marca e na tarde de quarta-feira a Federação Gaúcha de Futebol emitiu comunicado em que diz esperar até o dia 2 de maio para conclusão.

O questionamento do Internacional é completo pelo próprio regulamento do Gauchão, que diz que o segundo local de uma partida, uma vez que o primeiro não atende a capacidade mínima, deve ser indicado até 48 horas depois da semifnal.

Sobre a inscrição de um novo jogador, o Colorado também pede uma manifestação oficial da Federação Gaúcha de Futebol. Como tal situação não está prevista no regulamento, o clube quer uma manifestação do presidente Francisco Novelletto Neto sobre o caso.

Confira a nota oficial do Inter:

Comunicamos que o Sport Club Internacional enviou à Federação Gaúcha de Futebol um ofício manifestando discordância com relação ao conteúdo da resolução publicada no site da FGF em 25 de abril que determinou prazo até o dia 02 de maio para que o Esporte Clube Novo Hamburgo indique de forma definitiva o local do 2º jogo das finais do Campeonato Gaúcho 2017.

Tal situação configura descumprimento do Regulamento Específico do Gauchão 2017, uma vez que o estádio do Novo Hamburgo não atende ao previsto no artigo 11 que diz que: "A capacidade mínima dos estádios, que serão utilizados para as finais do "GAUCHÃO 2017", quando na decisão estiver, ao menos um clube da chamada Dupla GRENAL, será de 10.000(dez mil) espectadores". Frisamos também que o parágrafo único do mesmo artigo diz que "na hipótese do estádio, normalmente, utilizado por uma das equipes finalistas não atender o previsto no "Caput" do presente Artigo, esta deverá indicar outro estádio que atenda a capacidade mínima de pessoas e as normas de segurança e higiene exigidas para a realização de suas partidas num prazo de 48(quarenta e oito) horas após a definição dos finalistas. Caso o clube em questão não cumprir o prazo referido, a FGF determinará os locais das partidas em questão".

Sendo assim, o prazo para definição do local encerrou-se na noite de terça-feira (25). Cumprindo o regulamento, o Sport Club Internacional considera como local da partida o Estádio Centenário, em Caxias do Sul, conforme referido na resolução de 25/04 e está dando andamento aos procedimentos organizacionais de logística e segurança.

Por outro lado, tendo em vista a notória situação de lesão dos atletas Danilo Fernandes e Marcelo Lomba, solicitamos a inscrição do goleiro Daniel de Sousa Brito para o Campeonato Gaúcho, atleta devidamente registrado no Boletim Informativo Diário da CBF. Tendo em vista que nada consta no artigo 53 do Regulamento Geral a respeito da substituição de atletas lesionados, pedimos que seja aplicado o previsto no artigo 82 do mesmo: "Caberá exclusivamente ao Presidente da FGF, "ad-referendum" da Diretoria, resolver os casos omissos, bem como as dúvidas surgidas na interpretação deste Regulamento" Pedimos assim que seja concedida a inscrição do goleiro Daniel.

Federação Gaúcha de Futebol nega pedido

A FGF não irá atender os pedidos do Internacional. Segundo o presidente Francisco Novelletto Neto, a entidade irá avaliar as solicitações para o regulamento da temporada que vem. Ao mesmo tempo, diz que a Federação indicou o Centenário como local do jogo, caso o Novo Hamburgo não atenda as condições necessárias em sua casa. Hoje, o jogo é no Centenário. Mas deverá ser disputado mesmo em Novo Hamburgo, porque o clube está próximo de conseguir as liberações necessárias. 

"A Federação indica Caxias, mas descumpre o regulamento mas ao dar o prazo maior para o Novo Hamburgo. O presidente Novelletto está dizendo que o jogo será em Novo Hamburgo, descumprindo o regulamento. O estádio, até hoje, não tem capacidade para 10 mil pessoas. O regulamento está sendo descumprido. Só solicitamos o cumprimento do regulamento. É um jogo que demandará muito fluxo, é um jogo importante, entendemos que o Novo Hamburgo terá todo o direito, será um grande enfrentamento, mas queremos o cumprimento do regulamento. Quando vão montar as arquibancadas? quando ficarão prontas? vão ser avaliadas? entrada? saída no estádio? vai ter segurança para os torcedores chegarem e saírem? isso tudo nos preocupa e em função disso estamos pedindo e não está sendo cumprido", rebateu o vice de futebol do Inter, Roberto Melo, à Rádio Gaúcha. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos