Vice do Inter reclama de pênalti com 'ippon' após empate com N. Hamburgo

Do UOL, em Porto Alegre

Roberto Melo, vice de futebol do Internacional, voltou a reclamar da arbitragem no Gauchão. Neste domingo (30), após o primeiro jogo da decisão, o dirigente chegou a usar a figura de linguagem inspirada no judô para citar lance em cima de Carlos. O cartola ainda apresentou um placar de pênaltis não marcados a favor do Colorado no estadual.

A contestação aos árbitros do estadual virou rotina no Inter de 2017.

"Hoje tivemos dois pênaltis claros, um no Nico. E um lance de ippon no Carlos, dentro da área. Pelas minhas contas, são pelo menos oito pênaltis não marcados a nosso favor. Estamos perdendo demais, o prejuízo é grande", disse Melo.

O primeiro lance citado foi ainda na etapa inicial. Nico López, no lado esquerdo da área, foi desarmado pouco antes de tentar o chute. Na sequência, D'Alessandro reclamou tanto da jogada que levou cartão amarelo.

A jogada envolvendo Carlos foi na etapa final e com o zagueiro Julio Santos. O Inter chegou a divulgar, nas redes sociais, uma sequência de fotos mostrando o adversário segurando o atacante.

"E talvez eu deva ler o regulamento de novo para ver se tem algum paragrafo ou algo assim que diga ser proibido dar pênalti para o Internacional", ironizou Roberto Melo. "Tu queres que eu fale da arbitragem quando? Se eu acho que a arbitragem errou, tenho que falar. Não estou dizendo que a arbitragem foi mal intencionada, mas tivemos dois pênaltis", completou.


O Internacional teve a posse de bola, dominou o jogo e no segundo tempo chegou a amassar o Novo Hamburgo. Mas sempre esteve atrás do placar e arrancou empate perto do apito final. Com o placar no estádio Beira-Rio, o título do Gauchão fica em aberto. O vencedor da segunda partida fica com a taça. Em caso de novo empate, a decisão vai para os pênaltis.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos