Alívio ou pressão. Gauchão pode interferir no 'ano da recuperação' do Inter

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • LÉO PINHEIRO/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO

    Inter tenta o heptacampeonato do Gauchão para ganhar moral no início da Série B

    Inter tenta o heptacampeonato do Gauchão para ganhar moral no início da Série B

Neste domingo (07), às 16h (de Brasília), Internacional e Novo Hamburgo decidem o campeão gaúcho de 2017. Com empate no jogo de ida e sem saldo qualificado na final, quem vencer leva o título. Para o Colorado, ser ou não campeão estadual terá implicação direta no principal objetivo do ano: voltar à elite do futebol brasileiro.

Este é o 'ano da recuperação'. Depois de ser rebaixado para a segunda divisão pela primeira vez na história em 2016, o Colorado tem como meta fundamental a retomada.

O Gauchão não deveria ter peso algum nisto, mas a marca histórica que pode ser obtida dá ao torneio certa importância. Pela segunda vez desde sua fundação o Colorado pode ser heptacampeão, igualando algo feito apenas em 1975. 

Assim, ser campeão gaúcho tornou-se 'obrigação' ao Inter. E isso implica diretamente no ambiente para a sequência do ano. Vencer o Novo Hamburgo significa ganhar moral para o início da Série B e apagar um pouco da imagem ruim deixada em 2016.

No entanto, ser derrotado por um clube cuja folha de pagamento mensal não paga o salário de um reserva do elenco e que sequer tem vaga garantida em uma divisão nacional monta um cenário de pressão já para o início da Série B. Perder o título para um clube do interior do Estado, algo que não acontece desde o ano 2000, toma uma proporção negativa que pode abalar para a caminhada que começa no próximo domingo, contra o Londrina, no Paraná.

Goleiro sem melhor condição e surpresa

Em campo, o Internacional não tem um cenário que indica facilidades. Com Keiller machucado e Marcelo Lomba e Danilo Fernandes voltando de lesão, o técnico Antonio Carlos Zago teve que escolher o que em melhores condições estava para atuar. E, mesmo assim não será 100%. Danilo passou no teste e é o escolhido.

Nas demais posições, a dúvida se estenderá até a hora da partida. Ernando tem chance de aparecer improvisado na lateral esquerda. Ceará tem alguma chance. Anselmo e Carlos correm por fora e têm menos chances.

FICHA TÉCNICA

NOVO HAMBURGO X INTERNACIONAL

Data e hora: 07/05/2017 (Domingo), às 16h (Brasília)
Local: estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS)
Transmissão na TV: RBS TV
Árbitro: Leandro Vuaden
Auxiliares: Rafael Silva Alves e Elio Nepumoceno

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; William, Léo Ortiz, Victor Cuesta e Ernando (Ceará); Rodrigo Dourado, Uendel, Edenílson e D'Alessandro; Nico López e Brenner. Técnico: Antonio Carlos Zago

NOVO HAMBURGO: Mateus; Léo, Pablo, Julio Santos e Assis; Amaral, Preto, Jardel e Juninho; Branquinho e João Paulo. Técnico: Beto Campos

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos