Grêmio usa Gauchão como laboratório para forjar "novo Arthur"

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Divulgação/Grêmio

    Arthur começou 2017 no time de transição e hoje é o mais valioso do elenco gremista

    Arthur começou 2017 no time de transição e hoje é o mais valioso do elenco gremista

O Campeonato Gaucho começa na próxima semana como laboratório para o Grêmio. Ainda sem seus principais jogadores, cujas férias acabam apenas no dia 18, o clube azul, branco e preto fará da competição um teste para achar novos jogadores, como ocorreu com Arthur no ano passado.

Foi no Gauchão que o meio-campista, hoje alvo do Barcelona e com multa rescisória em R$ 187 milhões, começou a se destacar. Iniciou a temporada na equipe de transição, a mesma que disputara ao menos as cinco primeiras rodadas do Estadual pelo Grêmio. A partir das boas atuações, conquistou espaço com Renato Gaúcho.

E não foi apenas ele. Em 2014, o time de transição também disputou as primeiras rodadas do Gauchão no Grêmio. Os titulares estavam em pré-temporada e, daquela equipe, surgiu um meia-atacante que não tinha feito base e chegara no clube com status de promessa: Luan. Foi no mesmo ano que ele subiu ao principal e começou a conquistar o espaço que tem hoje, entre os melhores salários e mais valiosos jogadores do clube.

"Desde os últimos meses do ano passado nós já planejávamos o início deste ano. Conforme fomos avançando na Libertadores, começamos a projetar a temporada com ou sem o Mundial. Fomos campeões, chegamos ao Mundial, e então sempre tivemos confiança neste grupo de transição. Eles já mostraram muita qualidade durante o ano passado, sempre que solicitados", disse o executivo de futebol gremista, André Zanotta.

O grupo de transição foi totalmente reformulado. Do ano passado, mais de dez jogadores acabaram desligados do clube. Outros foram emprestados ou mesmo não fazem mais parte dos planos.

Atualmente, apenas atletas que têm confiança da comissão técnica e da direção estão ali. E o elenco será completo pelas contratações feitas neste início de ano. Alisson, Paulo Miranda e Thaciano, por exemplo, jogarão o Gauchão.

"Sabemos que é difícil chegar em um grupo já formado. Mas é o trabalho do dia a dia que irá nos dar espaço e vamos lugar para conseguir", disse Paulo Miranda. "Eu chego com expectativa. Quero mostrar meu trabalho, conquistar meu lugar. Estou muito motivado, mesmo sabendo que o grupo do Grêmio é maravilhoso", completou Thaciano.

Candidatos a 'novo Arthur' ou 'novo Luan' não faltam. Jean Pyerre foi destaque dos jogos finais do Brasileiro passado pelo time de transição. Por pouco não foi para o Mundial de Clubes. Pepê, Vico, Lima, Balbino são outros nomes que sonham em seguir o exemplo daqueles que viraram os jogadores mais importantes do elenco.

A caminhada começa no dia 17, contra o São Luiz, em Ijuí. Um dia depois o time de Geromel, Kannemann, Marcelo Grohe e companhia volta de férias e inicia pré-temporada.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos