FGF quer estádio 'meio a meio' em Gre-Nal. Inter não aprova ideia

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/Inter

    Clássico está marcado para 11 de março, no estádio Beira-Rio, no final da 1ª fase

    Clássico está marcado para 11 de março, no estádio Beira-Rio, no final da 1ª fase

O Gre-Nal 413, que fechará a fase de classificação do Gauchão, já gera debate. A FGF (Federação Gaúcha de Futebol) planeja realizar o clássico com torcida meio a meio, mas o Internacional ainda não foi procurado e diz que não é favorável a essa ideia. A entidade, então, cogita propor mudança no local do jogo. Levando do estádio Beira-Rio para o interior.

Internacional e Grêmio se enfrentam pela sexta rodada do estadual. Originalmente o Gre-Nal deveria ocorrer em fevereiro, contudo foi remarcado para 11 de março.

A ideia da FGF se baseia em uma efeméride: os 100 anos da federação. Por conta da celebração, a proposta é retomar a tradição de dividir o estádio entre torcedores rivais. A divisão de torcida vem sendo tema polêmica há anos.

O modelo atual prevê menos de 10% para os visitantes e sempre pendente de um encontro entre as diretorias às vésperas do clássico. Agora, a FGF quer fechar acordo para 50-50.

A ideia não soou bem nos ouvidos do Inter. O Colorado ainda espera contato oficial da federação, mas já se antecipa ao citar o histórico do estadual. Após duas temporadas, o clássico volta ao Beira-Rio. E por ser o ano da retomada, o clube rechaça dividir o estádio com torcedores do Grêmio. Além da negativa em repartir o estádio, o Internacional não cede no tocante mando de campo.

O último clássico disputado foi em fevereiro do ano passado e terminou 2 a 2.

O Campeonato Gaúcho começa nesta quarta-feira. O Inter joga no dia seguinte, em Porto Alegre, contra o Veranópolis.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos