Time de transição do Grêmio reabre Arena para jogos após 55 dias

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Divulgação/Grêmio FBPA

    Estádio teve fan fest para jogo final da Libertadores e Mundial de Clubes no período

    Estádio teve fan fest para jogo final da Libertadores e Mundial de Clubes no período

Enquanto o time campeão da Libertadores inicia a pré-temporada, o grupo de transição do Grêmio segue jogando o Gauchão. Neste sábado (20), o Tricolor encara o Caxias com um novo desafio: abrir o ano com os jogos dentro da Arena. O estádio não recebe jogos oficiais desde novembro e será um dos pontos que os jovens do clube gaúcho precisam superar.

A imponência arquitetônica que assusta os rivais também terá de ser deglutida pelas caras novas do atual dono da América. A Arena não recebe um jogo oficial desde 26 de novembro, ou seja, há 55 dias.

A última vez foi quando o Grêmio empatou com o Atlético-GO por 1 a 1, na penúltima rodada do Brasileirão. Três dias antes o Tricolor havia vencido o Lanús-ARG na abertura da final da Libertadores com um gol de Cícero.

Depois daquela partida, o Grêmio jogou na Argentina contra o mesmo Lanús e confirmou o tri da América. Na volta ao Brasil, visitou o Atlético-MG em partida que fechou o Brasileirão. E em dezembro encarou Pachuca-MEX e Real Madrid nos Emirados Árabes.

Para grande parte do time a ser escalado neste sábado, o jogo diante do Caxias não é um reencontro com a Arena. Será, na verdade, uma estreia. E isso gera atenção.

"Temos muitos jogadores que ainda não jogaram na Arena, vários vão estrear, mas a expectativa é ter mais posse. Conseguir propor mais o jogo. Trazer o jogo para o nosso estilo e ter ações mais positivas no último terço do campo", disse César Bueno, treinador do Grêmio que joga o Gauchão.

Na formação que deve ir a campo, apenas o goleiro Bruno Grassi conhece mais de perto as arquibancadas e o gramado. Para quebrar o gelo, o Grêmio levou os jovens ao estádio no treino de sexta-feira. A atividade no gramado fez com que vários jovens buscassem referências visuais junto ao corpo da Arena. E também eliminou o risco de um choque no sábado. O apoio do torcedor, outro elemento novo para muitos, já foi pedido.

"Erros vão acontecer, é um time de jovens. A gente pede para a torcida ter paciência, dar apoio", comentou Bueno.

Do outro lado estará um time que chega bem. Na primeira rodada, o Caxias aplicou 3 a 0 em cima do atual campeão gaúcho Novo Hamburgo. O time da Serra é comandado por Luiz Carlos Winck, que em 2017 já havia liderado o clube grená em campanha até a semifinal do estadual.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO X CAXIAS

Data e hora: 20/01/2018 (sábado), às 16h30 (Brasília)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Vinicius Amaral
Auxiliares: Alduíno Mocelin e Teilor Thomas da Silva

GRÊMIO: Bruno Grassi; Leonardo Gomes (Madson), Ruan, Mendonça e Guilherme Guedes; Balbino, Ancheta (Jean Pyerre), Matheus, Pepê e Lima (Alisson); Isaque (Tilica)
Técnico: César Bueno

CAXIAS: Gledson; Cleiton, Júnior Alves, Laércio e Julinho; Régis, Gilson, Rafael Gava, Túlio Renan e Daniel Cruz; João Paulo
Técnico: Luis Carlos Winck

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos