Inter vence revanche de 2017 com zagueiros artilheiros e Nico López

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/Internacional

    Inter usou apenas um titular desde o início; Thales (foto) abriu o placar

    Inter usou apenas um titular desde o início; Thales (foto) abriu o placar

O colorado que assistiu Novo Hamburgo x Internacional à espera de gols de Roger viu os zagueiros decidirem. Neste domingo (21), Thales e Danilo Silva garantiram a vitória que ainda teve Nico López marcando antes do final: 3 a 0 no estádio do Vale. Os cabeceios certeiros resumem a partida válida pela segunda rodada do Gauchão.

O Inter foi melhor que o Novo Hamburgo. Mesmo com apenas um titular desde o início, o time de Odair Hellmann controlou a partida em terreno inimigo e chegou a 6 pontos. O 100% do Colorado é exatamente o oposto da campanha do atual campeão, que perdeu a segunda seguida e de novo por 3 a 0.

No reencontro entre os finalistas de 2017, o 'Noia' se mostrou muito frágil (especialmente na defesa) e o Colorado usou time reserva. A chuva insistente transformou o jogo e deixou as coisas menos bonitas no Vale do Sinos.

Zagueiros artilheiros

Thales no primeiro tempo, Danilo Silva na etapa final. A dupla de zaga do Inter se mostrou firme em sua primeira missão e oportunista na área adversária. Os dois jogadores usaram boa impulsão para vencerem uma linha defensiva rival limitada. Os gols dos zagueiros foram em escanteio, mas cada um saiu em zona diferente. O primeiro rente ao início da pequena área e o segundo mais para o fundo do campo.

Nico López joga por dentro

O uruguaio foi escalado logo atrás do centroavante Roger, estreante da tarde, e teve bom desempenho. Atacando a zaga de frente, Nico López deu uma assistência e marcou o terceiro gol do confronto. Livre, ele completou de cabeça ao infiltrar na área.

Inter joga com apenas um titular

Danilo Fernandes e ninguém mais. O Inter já havia preservado cinco titulares, que sequer foram relacionados, mas outros três nomes do time considerado ideal não começaram.

Victor Cuesta, Edenilson e William Pottker ficaram no banco de reservas. A estratégia ainda é reflexo do calendário apertado: seis jogos nos primeiros 18 dias da temporada. Edenilson e Pottker ainda entrar no decorrer do segundo tempo e deram assistências.

Colorado domina rival frágil

Com um time todo diferente em campo, o Inter deixou de lado algumas ideias executadas na estreia. É bem verdade que o gramado pesado, em virtude da chuva, influenciou o estilo do duelo. Mesmo sem entrosamento e com princípios diferentes, o Colorado jogou bem.

Foi melhor que o Novo Hamburgo e saiu na frente. O gol do zagueiro Thales, de cabeça após escanteio cobrado por Nico López, pode ser um resumo da partida. Muita força, bola aérea e vitória de quem conseguiu tirar proveito disso.

Pelo chão, os dois times criaram pouco e na comparação o Inter também foi melhor. Com duas chances contra nenhuma do 'Noia'. Na etapa final, os donos da casa aumentaram o volume e chegaram a empilhar escanteios. Rondaram a área de Danilo Fernandes, mas sem pontaria suficiente para empatar. O placar foi definido cedo.

Danilo Silva imitou Thales, apareceu bem na área e marcou o segundo do Inter de cabeça. Uma jogada muito parecida com aquela que abriu o placar. Aos 34, exatos 11 minutos depois do segundo gol de zagueiro, Nico López deixou a marca dos atacantes. Destaque no lance para a extrema facilidade do Colorado em trocar passes e avançar com a bola nos pés por quase todo o campo.

FICHA TÉCNICA
NOVO HAMBURGO 0 X 3 INTERNACIONAL

Data e hora: 21/01/2018 (domingo), às 17h (Brasília)
Local: estádio do Vale, em Novo Hamburgo (RS)
Árbitro: Anderson Farias
Auxiliares: Fabrício Baseggio e Gustavo Schier
Cartões amarelos: Lito, Branquinho, Assis (NH); Charles, Iago (INT)
Gols: Thales, aos 17 minutos do primeiro tempo (INT); Danilo Silva, aos 23 minutos do segundo tempo (INT); Nico López, aos 34 minutos do segundo tempo (INT)

NOVO HAMBURGO: Max; Lito, Talis, Júlio Santos e Assis; Tiago Ott, Diogo Oliveira, Conrado (Jean Silva), Juninho e Branquinho (Henrique); Edson Reis (Flávio Torres)
Técnico: Beto Campos

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Ruan, Danilo Silva, Thales e Iago; Charles, Gabriel Dias, Marcinho (William Pottker), Nico López e Patrick (Edenilson); Roger (Juan)
Técnico: Odair Hellmann

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos