Reservas ou titulares? Destaques do Inter até agora estão fora do 11 ideal

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Internacional/Divulgação

    Nico López já marcou um gol e deu uma assistência no ano. Ele será titular neste sábado

    Nico López já marcou um gol e deu uma assistência no ano. Ele será titular neste sábado

De todos os resultados do Inter até agora, o mais largo foi conquistado pelo time reserva. E neste sábado (27), serão os suplentes que representarão o time vermelho contra o Avenida. Mesmo com quatro titulares relacionados, o técnico Odair Hellmann deve manter a rotação no elenco e usar os 11 que não estão no time ideal. E entre eles os principais destaques até então.

O principal é Nico López. No único jogo que teve na temporada, o uruguaio marcou um gol, deu uma assistência e ocupou bem a faixa de campo que normalmente é de D'Alessandro. Postado atrás do centroavante, ele conseguiu tramar jogadas e aparecer na área. Usou o drible e o chute de média distância, suas principais armas. E arrancou aplausos da torcida.

Enquanto isso, os treinamentos apontam Roger, ex-Botafogo, como um dos mais destacados jogadores. O centroavante é sempre presente no placar quando há coletivo entre titulares e reservas. Não marcou na estreia, mas conseguiu, enquanto esteve em campo, se postar bem.

A defesa formada por Danilo Silva e Thales foi testada durante praticamente todo jogo contra o Novo Hamburgo, e conseguiu sair invicta. Ambos, inclusive, marcaram gols. Mais um ponto positivo do time reserva.

Os números só reforçam a tese de que o melhor apresentado até então no Inter veio do time de baixo. Foi 3 a 0 diante do Nóia. Enquanto o principal fez 1 a 0 no Veranópolis e perdeu por 2 a 1 para o Caxias.

"Começo de ano sempre a gente tem que ter cautela e tranquilidade para avaliar. Na verdade não dá para tirar conclusões. Quase um mês de trabalho, três jogos feito por duas equipes diferentes. Um time trabalhando a parte física, a parte técnica, tática, pouco tempo de trabalho. Mesmo assim a gente, eu acho, foi de menor a maior nos três jogos. Primeiro jogo, obviamente a gente sabia que iria ficar devendo fisicamente. Normalmente quando isso ocorre, o corpo não responde e começa a ter essa dívida técnica e tática. Mais técnica. O corpo não responde, tu erra passe. Deu para ver isso. Deu para ver que fisicamente melhoramos nos três jogos, foi crescendo, evoluindo. Progrediu o nosso jogo. A gente está à vontade com Odair, com a ideia dele, em Novo Hamburgo, nosso outro time mostrou vontade, desempenho, trabalho, ganhamos do último campeão gaúcho. Não vamos duvidar, vamos continuar trabalhando e ajustar o que precisa ajustar", disse o capitão D'Alessandro que deve começar no banco de reservas neste sábado.

Estreia de ex-Figueirense e resgate de Fabinho

O jogo marca, também, a estreia do ex-lateral do Figueirense, Dudu. O jogador se lesionou antes do primeiro compromisso da temporada e, mesmo tendo treinado como titular durante o período de preparação, acabou não conseguindo jogar. Fará sua primeira partida.

Além disso, o volante Fabinho, afastado por lesão desde julho do ano passado, está entre os relacionados para o jogo.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL X AVENIDA
Data e hora
: 27/01/18 (Sábado), às 16h30 (Brasília)
Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Transmissão na TV: PPV
Árbitro: Eleno Todeschini
Auxiliares: Lúcio Biersdorf Flor e Maíra Moreira
INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Dudu, Thales, Danilo Silva e Patrick; Charles, Gabriel Dias, Marcinho, Nico López e Edenílson; Roger.
Técnico: Odair Hellmann
AVENIDA: Rodrigo; Itaqui, Luis Henrique, Claudinho e Roger; Toto, Fidélis, Felipe Tchelé, Diego Torres e Maurício; Hyantony
Técnico: Fabiano Daitx

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos