D'Ale dá três assistências, Inter vira sobre o Juventude e lidera o Gaúcho

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Rímoli/AGIF

    Jogadores do Internacional comemoram gol sobre o Juventude, pelo Gaúcho

    Jogadores do Internacional comemoram gol sobre o Juventude, pelo Gaúcho

O Internacional levou um susto, mas se reergueu no jogo. Nesta quinta-feira (15), bateu o Juventude por 3 a 1 de virada e se tornou líder do Gauchão. Com direito a três assistências de D'Alessandro.

Com 15 pontos, o Colorado superou Caxias, que tem 14, e Brasil de Pelotas, que soma 13. Já o Juventude permaneceu com os mesmo 8 que tinha antes do jogo. Mas a condição se deve a um jogo a mais que o Colorado tem em ralação à maioria dos concorrentes, principalmente os do topo da tabela.

O próximo compromisso dos vermelhos é domingo, em Rio Grande, contra o São Paulo-RS. Já o Juventude encara o Cruzeiro-RS, em Caxias.

O jogo marcou o reencontro com técnico Antonio Carlos Zago, que comandou o clube em 2017. Zago foi vaiado pelos torcedores antes da partida. Em entrevista ao UOL Esporte, disse que teria sido campeão da Série B com o Colorado. Foi demitido na terceira rodada da competição no ano passado. Agora técnico do Juventude usou as mesmas armas que colocava em campo no Colorado. Começou bem, mas acabou sendo derrotado.

D'Alessandro dá três assistências

Poderia ter sido Patrick, Iago ou mesmo Dudu. Mas nenhum jogador superou D'Alessandro. O gringo de 36 anos (que faz 37 neste ano) deu as três assistências para os gols do Colorado e ditou ritmo do time. 

Leandro Damião e Cuesta não vão bem

Um na frente, outro atrás. Os destaques negativos do jogo foram Damião e Cuesta. O zagueiro falhou no gol do Juventude e depois parecia muito incomodado com isso. Enquanto Leandro Damião ainda não marcou o primeiro gol na temporada e novamente não rendeu o mesmo dos demais. 

Zago é vaiado antes do jogo

Antonio Carlos Zago foi técnico do Inter por seis meses em 2017. Foi demitido após perder a final do Gauchão para o Novo Hamburgo e não começar bem a Série B. Nesta quinta-feira, foi rival pela primeira vez. No comando do Juventude, o treinador foi cumprimentado por quase todos atletas do Colorado e ouviu algumas vaias da torcida quando anunciado no sistema de som.

Falha de Cuesta: Inter leva susto

O Internacional encontrou dificuldades no começo do jogo. Com D'Alessandro preso entre três marcadores no meio-campo do Juventude, a criação de jogadas precisou partir dos volantes e demorou para o encaixe acontecer. Enquanto isso, o Juventude aproveitou-se de uma falha defensiva de Victor Cuesta e abriu o placar. Guilherme Queiróz recebeu a bola que, depois de lançamento, não foi afastada pelo zagueiro argentino. Na saída de Danilo Fernandes, o encobriu e fez 1 a 0.

Empate com esperteza de D'Ale e gol de Patrick

Não tardou o empate. O Colorado melhorou na partida com frequentes trocas de posição entre Patrick, Pottker e D'Ale. Em um destes lances, o escanteio foi alternativa defensiva do Ju. Na cobrança, enquanto todos esperavam cruzamento, D'Alessandro foi mais esperto. Passou para Patrick, rasteiro. Ele, posicionado no primeiro poste, apenas bateu cruzado e colocou na rede.

Construção coletiva do Inter: gol de Iago

E antes do intervalo o Inter virou. Depois de perder uma série de chances com Patrick, Pottker e Damião, o gol veio de onde se espera menos: um defensor. Uma troca de passes teve enfiada de D'Alessandro e gol de Iago. Na jogada, a construção coletiva chamou atenção. O lance começou com Danilo Fernandes, passou por uma série de jogadores, Damião escorou, e a enfiada de D'Ale só encontrou Iago livre na área pois Patrick fez um movimento sem a bola atraindo a marcação. Todos nos vestiários aliviados pela virada rápida e a melhora na partida.

Wellington Silva estreia pelo Inter

Depois de recuperar-se de um problema no púbis, Wellington Silva estreou pelo Inter. Egresso do Fluminense, o meia-atacante é uma das apostas do Colorado para temporada 2018. 

Nico López: um toque na bola, um gol

Nico López precisou de um toque na bola para marcar o terceiro gol do Inter. Ele entrou na vaga de Pottker e, após receber passe de D'Alessandro (a terceira assistência no jogo), colocou rasteiro na rede. 

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 3 X 1 JUVENTUDE
Data
: 15/02/2018 (Quinta-feira)
Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Daniel Bins
Auxiliares: Tiago Augusto Dias Kappes Diel e Andreza Vanni Mocelin
Renda: R$ 320.175,00
Público:13.440 (total)
Cartões amarelos: Guilherme Queiróz (JUV), Fillipe Mateus (JUV), Iago (INT); 
Gols: Guilherme Queiróz, do Juventude, aos 14 minutos do primeiro tempo; Patrick, do Inter, aos 20 minutos do primeiro tempo; Iago, do Inter, aos 42 minutos do primeiro tempo; Nico López, do Inter, aos 34 minutos do segundo tempo; 

INTERNACIONAL
Danilo Fernandes; Dudu (Gabriel Dias), Klaus, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado (Wellington Silva), Edenílson, William Pottker (Nico López), D'Alessandro e Patrick; Leandro Damião.
Técnico: Odair Hellmann

JUVENTUDE
Douglas; Vinícius, Fred, Cesar Martins (Vidal) e Pará; Sananduva, Guilherme Ozelame (Denner), Fellipe Mateus e Felipe Lima (Caprini); Ricardo Jesus e Guilherme Queiróz.
Técnico: Antonio Carlos Zago

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos