Marcelo Lomba segura São Luiz, Inter empata e reassume a liderança

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/Internacional

    Wellington Silva carrega a bola pelo Internacional na partida contra o São Luiz

    Wellington Silva carrega a bola pelo Internacional na partida contra o São Luiz

O Inter empatou graças a Marcelo Lomba. O camisa 1, que naturalmente é reservas de Danilo Fernandes, fez ao menos cinco defesas difíceis e segurou o 0 a 0 contra o São Luiz neste domingo (25) no estádio do Vale. O placar recolocou o Colorado na liderança do Gauchão.

O problema é que o Inter tem um jogo a mais que os demais concorrentes. Pulou para 17 pontos conquistados e passou o Brasil de Pelotas, que havia assumido a ponta no sábado, devido ao saldo de gols. Só que, como teve jogo adiantado, não atuará na rodada do dia 4 de março, quando todos os demais poderão pontuar. Já o São Luiz ocupa o sexto lugar com 10 pontos.

O Inter jogou, ainda, 10 minutos com um a mais, e outros 4 com dois a mais. O zagueiro Henrique do São Luiz foi expulso após falta cometida em Thales. E Tairone foi expulso ao cometer falta em Nico López.  Mas não conseguiu fazer valer a superioridade numérica.

Marcelo Lomba segura o São Luiz

Lomba parou o São Luiz. E não foram defesas simples. Com 5 minutos de jogo ele fez a mais complicada. Cara a cara com Michel, que recebeu de Gustavo Xuxa, ele evitou o gol rival. Em seguida teve cabeceio de Hugo Sanches, chute de Gustavo Xuxa, outras duas chances de Michel. Lomba pegou todas. Foi o grande destaque da partida

Wellington Silva multiplica vitória pessoal

Num jogo de criação praticamente nula, os poucos espaços abertos pelo Inter partiram de Wellington Silva. O ex-Fluminense teve uma sequência impressionante de vitórias pessoais sobre adversários. Driblou muito, acertou a trave, e deu bons argumentos para o técnico Odair Hellmann esperar algo maior no futuro.

Ruan erra muito e acaba substituído

O lateral direito Ruan, ex-Boa Esporte, foi destaque negativo do jogo. Errou muitos lances técnicos no primeiro tempo e acabou substituído para Gabriel Dias virar lateral de forma improvisada. 

Camilo 'some' e sai vaiado

Camilo não foi bem. Errou passes, conclusões e uma série de jogadas. E isso que atuou centralizado, em sua posição original. Mas tanto fez que acabou vaiado pela torcida, quando sacado aos 38 do segundo tempo. 

Pênalti não marcado e bronca da torcida

O Internacional mudou no segundo tempo. Marcinho entrou e deixou o time mais ofensivo. Juan Alano, recuado para volante, ajudou Camilo, de atuação aquém do esperado, na armação. Tanto a movimentação cresceu que o extrema direita entraria a dribles na área adversária não fosse derrubado, já dentro dela. O árbitro, porém, não marcou pênalti. Minutos depois, o técnico Odair Hellmann, de olho em deixar sua equipe ainda mais no ataque, colocou Nico López e tirou Wellington Silva. A torcida, irritada com a saída do ex-Fluminense (queriam que saísse Camilo) chamou o comandante vermelho de 'burro'. 

Torcida demora para entrar e Inter se explica

O jogo no estádio do Vale já tinha aproximadamente 15 minutos e ainda havia torcedores entrando. Com muita reclamação, o Colorado explicou a demora. "Lamentamos pelo problema de acesso do público, mas a lentidão se deu porque só existem dois portões de acesso ao estádio e é preciso passar pelo processo padrão de revista na entrada, ação que visa garantir a segurança do evento. Alguns grupos de torcedores chegaram perto do horário do jogo o que ocasionou uma fila maior. As equipes nos portões trabalharam para agilizar a entrada de todos torcedores com ingresso", informou a comunicação do clube.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 0 X 0 SÃO LUIZ
Data
: 25/02/2018 (Domingo)
Local: Estádio do Vale, em Novo Hamburgo (RS)
Árbitro: Erico Andrade
Auxiliares: Luiza Naujorks Reis e Gustavo Marin Schier
Cartões amarelos:  Charles (INT); Maicon (SL), Henrique (SL), Michel (SL);
Cartões vermelhos: Henrique (SL), Tairone (SL)
Gols:

INTERNACIONAL
Marcelo Lomba; Ruan (Marcinho), Rodrigo Moledo, Thales e Uendel; Charles, Gabriel Dias, Juan Alano, Camilo (Richard) e Wellington Silva (Nico López); Roger.
Técnico: Odair Hellman

SÃO LUIZ
Jonatas; Maicon, Tairone, Ricardo Thalheimer e Márcio Goiano; Henrique, Prill e Gustavo Xuxa (Rudiero); Éder (Danilo), Michel e Hugo Sanches (Thomas).
Técnico: Paulo Henrique Marques

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos