Topo

Futebol


Odair explica ausência de Nico López e diz que Inter merecia vitória

Ricardo Duarte/Inter
Odair Hellmann, técnico do Inter, deixou Nico López fora de jogo para testar opções Imagem: Ricardo Duarte/Inter

Do UOL, em Porto Alegre

2018-02-25T19:57:36

25/02/2018 19h57

Na avaliação do técnico Odair Hellmann, o Internacional merecia ter vencido o São Luiz. Porém, o jogo acabou 0 a 0. Em entrevista coletiva, o comandante explicou a ausência de Nico López.

Como não poderá atuar na Copa do Brasil na próxima quinta-feira contra o Cianorte porque foi expulso no jogo passado diante do Remo, Nico era cotado para começar contra o São Luiz. Mas a preferência foi por Juan Alano.

"É importante explicar para o torcedor que o Nico já estava sabendo que a gente buscaria alternativas para quinta-feira. Porque perdemos ele e o Pottker. Temos que ganhar o jogo, são duas partidas, e temos que ir seguros para classificação. Não tem castigo nem nada, até porque se o Nico não tivesse sido expulso iniciaria quinta-feira. Estou passando isso para o torcedor. Está tudo certo, ele sabia que iria entrar no segundo tempo", afirmou Odair.

A ideia do Colorado era experimentar alternativas para o duelo da competição nacional e, como não conta com o uruguaio, preferiu deixá-lo no banco. As opções para vaga são: Camilo, Juan Alano, Wellington Silva e Marcinho. Todos jogaram neste domingo.

Segundo Odair, mesmo com a pressão do time de Ijuí no começo do jogo, o Inter merecia a vitória. "O primeiro tempo era para ganhar o São Luiz, o Inter o segundo. O São Luiz devia ter feito um no primeiro, nós dois no segundo, e ganhar o jogo", avaliou o comandante.

O time de Porto Alegre, contudo, sofreu inicialmente. Foram ao menos cinco defesas difíceis feitas por Marcelo Lomba, o principal destaque da partida.

"Nos perdemos no centro do campo. Não conseguimos atentar à movimentação do São Luiz. Eles jogam com um centroavante muito forte e o Gustavo Xuxa conseguiu ficar entre as nossas linhas. E nós demos muito espaço no centro do campo. Quando corrigimos isso fazendo uma variação para um tripé, um volante e dois meias, conseguimos ganhar a segunda bola", afirmou.

Com 17 pontos, o Internacional é líder do Gauchão. Mas tem um jogo a mais que os concorrentes e na rodada do dia 4 de março poderá perder posto.

Mais Futebol