Marcelo Lomba cresce na ausência de Danilo e cria dúvida no gol do Inter

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/Inter

    Marcelo Lomba faz defesa em treinamento do Inter e ganha espaço no elenco

    Marcelo Lomba faz defesa em treinamento do Inter e ganha espaço no elenco

O Inter é líder do Gauchão graças a Marcelo Lomba. Foi o camisa 12, reserva de Danilo Fernandes, que brilhou no empate por 0 a 0 com o São Luiz, neste domingo (25). E a condição de titular graças a lesão do companheiro já começa a mudar. Os bons jogos em série começam a despertar desejos ainda maiores.

Lomba terá ao menos um mês para provar valor. E tem feito isso. Com a lesão muscular de Danilo Fernandes, ele assumiu o gol colorado e o rendimento não caiu em nada. Há quem diga que até cresceu.

"Eu não tenho preocupação nenhuma quando o Lomba precisa jogar. Ele sempre foi bem. E isso é incomum para um goleiro reserva, que normalmente sofre com falta de ritmo. Mas ele se prepara demais. A vida de goleiro reserva é difícil, recebe poucas chances. Mas não é o caso do Lomba, porque ele treina muito, se prepara demais e quando tem chance sempre vai bem. Estamos muito bem servidos, com todos nossos goleiros", disse o vice de futebol Roberto Melo.

Já foi assim no ano passado. Marcelo Lomba entrou no time também por força de lesão de Danilo Fernandes e segurou o Corinthians na Copa do Brasil. Foi muito bem no jogo em São Paulo, pegou pênalti e garantiu avanço do Inter. No entanto acabou se machucando em seguida, pelo Campeonato Gaúcho.

Enquanto isso, não há qualquer crítica a Danilo Fernandes. O técnico Odair Hellmann fez questão de citar em entrevista coletiva que o dono da camisa 1 saiu do time apenas porque se machucou. E estava bem quando precisou ser substituído.

"O Lomba é um jogador importantíssimo. O Danilo, quando saiu estava muito bem. Ele saiu contra o Juventude e tinha feito grandes defesas. O Inter tem quatro grandes goleiros e no momento adequado vamos escolher qual seguirá jogando. É necessário dizer que o Danilo saiu porque se machucou, e estava bem quando estava jogando", afirmou o treinador.

Lomba por pouco não deixou o Internacional no começo do ano passado. Recebeu quatro propostas de transferência, conversou com a direção e ouviu que ele era importante jogando e para o grupo. Entendeu sua função no clube e preferiu ficar. Agora luta diretamente pelo posto de principal goleiro do Inter no ano em que o clube volta à Série A.

A exemplo de Lomba, Danilo também é um dos líderes do vestiário vermelho e tem previsão de retorno para o clássico Gre-Nal do próximo dia 11. Mas como a lesão ainda será recente, é possível que a troca só ocorra, se ocorrer, nas quartas de final do Gauchão. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos