Camilo perde espaço e fica para trás em disputa por vaga no Inter

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/ Inter

    Camilo participa de treinamento do Inter. Jogador perdeu espaço no elenco

    Camilo participa de treinamento do Inter. Jogador perdeu espaço no elenco

Camilo perdeu espaço no Inter. Depois de abrir a temporada como titular, o ex-botafoguense deixou de ser até uma das primeiras opções no banco de reservas. Sem sucesso atuando pelos lados, ele vive condição de ser suplente de D'Alessandro.

A posição não é ruim. Vez por outra o argentino precisa ser preservado de jogos, principalmente no início da temporada devido ao desgaste elevado. Mas a titularidade que se desenhava na abertura de 2018 acabou não acontecendo.

Camilo recebeu oportunidades. Treinou durante toda pré-temporada como titular e nos primeiros jogos do ano foi assim. Acabou sofrendo uma lesão na panturrilha e mesmo antes dela não tinha encaixado a parceria com D'Ale. Jogando aberto pela esquerda, não teve o mesmo desempenho que motivou o Inter a contratá-lo no ano passado.

Virou suplente, mas uma das primeiras opções. Entrava em praticamente todos os jogos, seja pelo lado ou centralizado. Mas viu crescer a concorrência até mesmo como alternativa.

Primeiro que Odair Hellmann encontrou um jogador para a esquerda: Patrick. A boa fase do volante de origem equilibrou o time e sacou Camilo dos planos. Depois porque Wellington Silva se recuperou de lesão e até mesmo Nico López deu melhor resposta.

Não bastasse isso, Juan Alano e Marcinho também ganharam espaço. O bom rendimento de ambos no time reserva contribuiu para cada vez menos chances a Camilo.

Reflexo disso foi que na última partida, a ausência de um jogador de flanco resultou na oportunidade a Marcinho. Camilo esperou no banco.

"Ele é importante para o grupo e talvez falte sequência para conseguir mostrar o seu trabalho", disse o técnico Odair Hellmann sobre o ex-botafoguense.

Nesta quarta-feira, Camilo novamente atuará junto aos reservas do Inter. O adversário será o Cruzeiro-RS e uma nova oportunidade para reaver a condição de, ao menos, opção imediata. 

Com 31 anos e contrato até julho de 2019, Camilo jogou seis partidas em 2018 e não marcou gols. Ano passado disputou outros 20 também sem balançar as redes adversárias.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos