Inter reserva joga mal e não sai do 0 a 0 com Cruzeiro-RS

Do UOL, em Porto Alegre

  • ITAMAR AGUIAR/AGÊNCIA FREE LANCER/ESTADÃO CONTEÚDO

    Lance da partida entre Cruzeiro-RS e Internacional, pelo Gaúcho

    Lance da partida entre Cruzeiro-RS e Internacional, pelo Gaúcho

O time reserva do Inter não foi bem. A exemplo do que tinha acontecido contra o São Luiz, os suplentes criaram muito pouco e escaparam da derrota para o Cruzeiro-RS graças a boa atuação do goleiro Marcelo Lomba e a incapacidade do rival. Nesta quarta-feira (07), o placar de 0 a 0 não assegurou ao Colorado vantagem nas quartas de final.

O Inter precisa ficar entre os quatro primeiros para decidir o mata-mata em casa. Mas matematicamente ainda não atingiu isso. Com 18 pontos, está apenas dois na frente do quinto colocado, atualmente o São Luiz. Já o Cruzeiro-RS segue ameaçado de rebaixamento com nove pontos. Foi o quarto jogo do time reserva sem gols.

A opção de preservar titulares do Inter se deu em razão do clássico Gre-Nal. O jogo está marcado para domingo às 17h (de Brasília), no Beira-Rio. Já o Cruzeiro-RS encerra a primeira fase contra o Caxias no mesmo dia e horário. 

Refletores e falta de ritmo ainda atrapalham Moledo

A falta de ritmo ainda é evidente em Rodrigo Moledo. No começo do jogo, ele recebeu um passe, tentou driblar o atacante França, escorregou, caiu sobre a bola e cometeu falta. O Cruzeiro desperdiçou. Em seguida, já no fim da etapa inicial, tinha toda condição de rebater um cruzamento mas deixou William Kozlowski vencê-lo facilmente. Depois do jogador cruzeirista colocar para fora, Moledo sinalizou dizendo que foi atrapalhado pelos refletores. A jornada do defensor passou longe do ideal e através de suas falhas o Cruzeiro criou as principais chances.

Lomba salva o Inter de novo

Foi o Cruzeiro que teve as principais chances do primeiro tempo. Não tinha sido mais forte até o fim dos 45 iniciais, quando uma enviada às costas da zaga encontrou William Kozlowski, que bateu e o goleiro Marcelo Lomba defendeu. No rebote Claudio Winck afastou o que seria o gol do adversário.

Roger reclama: "Estou sendo até repetitivo"

O centroavante Roger reclamou ao fim do primeiro tempo. "Estou sendo até repetitivo: temos que tocar mais a bola, caprichar no último passe, colocar a bola no chão", disse deixando o gramado. É a rotina do time reserva do Inter. Os problemas de criação passaram por uma má jornada de Camilo e a pouca participação de Juan Alano. Nico López, o melhor do setor ofensivo, não tem no passe a principal característica e só assustou o goleiro rival com boas conclusões de longe.

De cabeça no joelho: lance forte de Ruan

Aos 25 do primeiro tempo, o lateral direito - que atuou improvisado na esquerda - Ruan teve um lance forte. Fez um cruzamento e caiu ao receber um combate do adversário. Mas antes de tocar o chão, bateu de cabeça no joelho do goleiro Deivity. Mostrou muitas dores, permaneceu no solo algum tempo. Mas acabou levantando-se e seguiu no jogo.

Inter preserva até opções para o Gre-Nal no segundo tempo

No segundo tempo, o técnico Odair Hellmann tratou de preservar até quem é opção para o Gre-Nal. Por isso, Roger, que pode atuar por força da contratura na cervical de Damião, saiu logo de cara. Em seguida Nico López, que também deve jogar o clássico em razão da lesão de William Pottker, saiu em seguida. 

Ruan vai melhor improvisado e Inter perde sem goleiro

Ruan, que não foi bem nas oportunidades que recebeu como lateral direito, sua posição de origem, foi melhor improvisado na esquerda. Foi a partir dos pés dele que o Inter criou  um pouco mais no segundo tempo. E aos 38 minutos, Marcinho perdeu sem goleiro após cruzamento. Teve tempo de dominar e bater cruzado, a zaga afastou antes que a bola estufasse a rede. 

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO-RS 0 X 0 INTERNACIONAL
Data
: 07/03/2018 (quarta-feira)
Local: estádio Vieirão, em Gravataí (RS)
Árbitro: Douglas Silva
Auxiliares: José Eduardo Calza e Fabrício Lima Baseggio
Cartões amarelos: Fernando Pinto (CRU), França (CRU), Reinaldo (CRU); Juan Alano (INT), Marcinho (INT), Gabriel Dias (INT); 
Gols:

CRUZEIRO-RS
Deivity; Lucas Carvalho (Foguinho), Fernando Pinto, João Guilherme e Jonathan; Dê, Ben Hur, Wagner e William Kozlowski (Michel); Reinaldo e França (Saldanha).
Técnico: Ben Hur Pereira

INTERNACIONAL
Marcelo Lomba; Claudio Winck, Thales, Rodrigo Moledo e Ruan; Gabriel Dias, Fabinho, Nico López (Brenner), Camilo e Juan Alano (Wellington Silva); Roger (Marcinho).
Técnico: Odair Hellmann

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos