Topo

Futebol


MP-RS analisa imagens para punir torcedores por confusão no Gre-Nal

Marinho Saldanha/UOL
Torcedor do Grêmio na janela quebrada do ônibus da torcida do Grêmio Imagem: Marinho Saldanha/UOL

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

2018-03-12T11:59:25

12/03/2018 11h59

Os registros de imagem das confusão antes do clássico Gre-Nal já estão nas mãos do Ministério Público do Rio Grande do Sul. Os problemas entre torcedores, principalmente na chegada dos gremistas ao Beira-Rio no jogo deste domingo serão avaliadas para que se proceda as punições cabíveis. 

Os registros são diversos. Desde matérias veiculadas pela imprensa, relatos de jornalistas e torcedores, imagens divulgadas em redes sociais, fotos e vídeos que foram registrados nos momentos de confusão. Tudo será avaliado. 

As punições serão individualizadas ou coletivas quando atos realizados por organizadas. O Internacional não corre, segundo apurou o UOL Esporte, risco direto de atuar no Beira-Rio com portões fechados ou ser alijado do direito de jogar em casa. 

Também serão analisadas as imagens da 'briga de cadeiras' ao fim da partida, quando aficionados de Inter e Grêmio arremessaram contra os adversários pedaços dos assentos do Beira-Rio, arrancados depois do jogo. 

Atê o ônibus do Grêmio

O ponto alto da confusão se deu na chegada. Torcedores do Grêmio relataram serem vítimas de uma 'armadilha' de colorados que infiltraram-se no Parque Marinha do Brasil (ao lado do Beira-Rio) e receberam os ônibus das organizadas do Tricolor a pedradas. Houve um início de conflito e a Brigada Militar usou gás de pimenta para dispersar os brigões. 

Até mesmo o ônibus da delegação do Grêmio foi alvo de uma pedrada. O material foi recolhido pelo segurança do clube, Fernandão, e encaminhado aos órgãos competentes. 

Em campo o Grêmio venceu o Gre-Nal por 2 a 1 e forçou a realização de mais dois clássicos em seguida pelas quartas de final do Gauchão. 

Mais Futebol