Rojões, pedras, cadeiras e invasão de campo. Gre-Nal vai parar no Tribunal

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

O clássico Gre-Nal do último domingo vai parar no TJD-RS. Inter e Grêmio serão denunciados por uma série de fatos ocorridos no clássico que terminou 2 a 1 para os tricolores, no Beira-Rio.

As imagens do fim do jogo, quando uma 'briga de cadeiras' tomou conta do local onde acima estavam os torcedores do Grêmio e abaixo os do Inter nos andares do estádio estão sob análise. Ali, um rojão foi arremessado pela torcida gremista em direção aos colorados (veja o vídeo).

Por conta de tais atos, de gremistas e colorados, os clubes serão enquadrados no artigo 213-I do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) e podem pegar pena com multa de R$ 100 a R$ 100 mil e perda de mando de campo de um a 10 jogos.

O Internacional também será denunciado pelo arremesso de uma pedra no ônibus da delegação do Grêmio, registrado pelo UOL Esporte na confusão que antecedeu o jogo. O objeto partiu dos torcedores vermelhos e danificou um dos vidros do veículo que levava a delegação gremista ao estádio. 

O preparador físico Cristiano Nunes, por sua vez, será denunciado por invadir o campo ao fim da partida. Ele teve ato registrado em súmula e foi expulso, acarretando a exclusão do técnico Odair Hellmann também nos momentos derradeiros do encontro.

Ainda não há data prevista para o julgamento e o trâmite legal deve transcorrer na quarta-feira. O próximo clássico Gre-Nal, que abre as quartas de final do Gauchão, ocorre no domingo às 16h (de Brasília), na Arena. O jogo da volta será na quarta-feira seguinte às 21h45 (de Brasília), no Beira-Rio. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos