Inter e Grêmio serão julgados na terça-feira por confusões no Gre-Nal

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

Inter e Grêmio serão julgados no TJD-RS na próxima terça-feira por conta dos fatos ocorridos no último Gre-Nal. Confusões entre torcedores, uso de rojões, pedras e a invasão de campo do preparador físico colorado estarão sob análise. 

As imagens do fim do jogo, quando uma 'briga de cadeiras' tomou conta do local onde acima estavam os torcedores do Grêmio e abaixo os do Inter nos andares do estádio estão sob análise. Ali, um rojão foi arremessado pela torcida gremista em direção aos colorados (veja o vídeo).

Por conta de tais atos, de gremistas e colorados, os clubes serão enquadrados no artigo 213-I do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) e podem pegar pena com multa de R$ 100 a R$ 100 mil e perda de mando de campo de um a 10 jogos.

O Internacional também será denunciado pelo arremesso de uma pedra no ônibus da delegação do Grêmio, registrado pelo UOL Esporte na confusão que antecedeu o jogo. O objeto partiu dos torcedores vermelhos e danificou um dos vidros do veículo que levava a delegação gremista ao estádio.

O preparador físico Cristiano Nunes, por sua vez, será denunciado por invadir o campo ao fim da partida. Ele teve ato registrado em súmula e foi expulso, acarretando a exclusão do técnico Odair Hellmann também nos momentos derradeiros do encontro.

Em caso de perda de mando de campo, o Internacional poderá começar a cumprir já no clássico de quarta-feira, jogo de volta das quartas de final do Gauchão. Dependerá da agilidade de publicação da sentença. Com prazo curto, tal situação é improvável. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos