Gre-Nal vale autoestima para o Inter e marca de 17 anos ao Grêmio

Jeremias Wernek e Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Internacional e Grêmio se enfrentam, nesta quarta-feira (21), pela terceira vez em um período de dez dias e com objetivos bem distintos. A overdose de clássicos se encerra com o Tricolor virtualmente classificado à semifinal do Gauchão e correndo atrás de uma marca histórica. Ao Colorado resta buscar um triunfo para amenizar a desilusão.
O Gre-Nal da fase de classificação foi vencido pelo Grêmio, em pleno Beira-Rio, pelo placar de 2 a 1. No domingo, o Tricolor ganhou dentro da Arena por 3 a 0.

"Classificar fica em segundo plano, precisamos dar esta vitória para a nossa torcida", resumiu D'Alessandro. Expoente técnico e capitão do Inter, D'Ale aponta exatamente o que vale o jogo para o lado vermelho do Rio Grande do Sul: autoestima.

Depois de voltar da Série B como vice-campeão, o Internacional começou bem o ano. Esteve sempre entre os primeiros da classificatória do Gauchão e avançou nas fases iniciais da Copa do Brasil. Porém, no primeiro teste mais forte vieram duas derrotas.

Mais do que encaminhar a eliminação, o segundo revés consecutivo contra o tradicional oponente abalou a reconstrução do Inter. Uma chuva de críticas ao técnico Odair Hellmann, aos jogadores e à direção pautou os dias que sucederam o jogo do último domingo, na Arena.

Bater o Grêmio pode simbolizar a reconquista da estabilidade, ameaçada com os tropeços recentes. Uma nova derrota ameaça qualquer previsão dos dias que antecedem o Brasileiro.

Se eliminado, algo que até internamente é tratado como tendência, o Internacional ficará 13 dias sem partidas no calendário. Terá muito a refletir até o dia 4 de abril, quando começa a quarta fase da Copa do Brasil contra o Vitória.

Do outro lado o momento é rigorosamente diferente. O Grêmio adota cautela ao falar da classificação encaminhada, minimiza a fase distinta em relação ao Inter. E usa de um tom bem respeitoso ao falar do rival. A partida que fecha a eliminatória, contudo, tem peso.

Desde 2001 o Grêmio não vence o Inter em três jogos seguidos. No primeiro dia de abril daquele ano, o Tricolor fez 4 a 2 no Colorado em duelo válido pela primeira fase do Estadual. Aquele placar se juntou aos triunfos do ano anterior e gerou a maior sequência de vitórias no clássico no novo milênio. Em 2000, os êxitos foram por 2 a 1, naquele que ficou conhecido como 'Gre-Nal do placar eletrônico', e 1 a 0. Em ambos os jogos Ronaldinho Gaúcho marcou.

"A euforia da torcida é normal, depois do jogo que fizemos. Foi um jogo muito bom. Eles têm mesmo que comemorar, mas aqui dentro a gente sabe que tem mais um jogo para ir à semifinal. Nosso objetivo é deixar o torcedor feliz, eles ficam felizes com a vitória. Mas a gente está aqui sempre focado e com os pés no chão", disse Léo Moura.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL X GRÊMIO

Data e hora: 21/03/2018 (quarta-feira), às 21h45 (Brasília)
Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Transmissão: RBS TV e PPV
Árbitro: Leandro Vuaden
Auxiliares: Rafael da Silva Alves e Lúcio Flor

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Edenilson, R. Moledo, Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Gabriel Dias, Marcinho, D'Alessandro e Patrick; Nico López (Roger)
Técnico: Odair Hellmann

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Léo Moura, Bressan, Kannemann e Cortez; Jailson, Maicon (Arthur), Ramiro, Luan e Everton; Jael
Técnico: Renato Gaúcho

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos