Inter encerra série do Grêmio e volta a vencer Gre-Nal após 850 dias

Jeremias Wernek e Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Jeferson Guareze/AGIF

    Grêmio se classificou, mas Inter voltou a vencer clássico após seis partidas

    Grêmio se classificou, mas Inter voltou a vencer clássico após seis partidas

O Internacional não conseguiu reverter o confronto, está eliminado do Gauchão, mas quebrou um jejum. Com a vitória de 2 a 0, nesta quarta-feira (21), o Colorado voltou a vencer um clássico após dois anos e quatro meses. O triunfo também cumpre um objetivo: recuperar autoestima de time e torcida que ficaram abalados nas últimas semanas.

O Grêmio não perdia para o Inter desde novembro de 2015. No período, foram seis clássicos com três vitórias do Tricolor e três empates.

Neste período, coincidentemente, o Grêmio saiu da fila de títulos ao ganhar a Copa do Brasil, Libertadores e mais recentemente Recopa Sul-Americana. Do outro lado, o Inter parou de ganhar e ainda caiu para a Série B.

Foram exatos 850 dias de jejum do Inter no Gre-Nal. Até que veio o 21 de março de 2018.

A vitória no Beira-Rio foi montada em cima da dedicação. Antes da bola rolar, D'Alessandro mexeu com a torcida pedindo apoio. Foi atendido. Durante o jogo, outros jogadores tiveram a mesma iniciativa e gesticulavam chamando o público a interagir.

O ambiente do estádio era de revanche. Desde domingo, o Internacional trabalhou a ideia de que jogaria pela honra. Para dar uma resposta depois de perder duas vezes para o rival e ser suplantado completamente.

Internacional e Grêmio agora passam a viver dias diferentes. O Tricolor segue no Gauchão e o Colorado fica duas semanas sem jogos. Os rivais voltarão a se encontrar em 12 de maio, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. E já não haverá mais série alguma a ser defendida.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos