Ex-promessa do Inter ajuda "o mais simpático" a fazer história no Gauchão

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Divulgação

    Rafael Porcellis, jogador do São José-RS, que disputa semifinal do Gauchão

    Rafael Porcellis, jogador do São José-RS, que disputa semifinal do Gauchão

Rafael Porcellis não chegou a brilhar com a camisa do Internacional entre os profissionais, mas a fama quando atuava nas categorias de base era enorme. Goleador em diversas equipes inferiores do Colorado, foi tratado como um fenômeno no estádio Beira-Rio. Rodou pela Europa, voltou ao Brasil em 2018 e ajudou o São José, de Porto Alegre, a fazer história. O modesto clube da capital gaúcha está na semifinal do Estadual e graças a um gol do antigo prodígio.

Aos 31 anos, Porcellis adiou as férias ao marcar quase no final do segundo jogo contra o Veranópolis. Ele converteu o gol que levou a disputa aos pênaltis. "Por pouco a gente não entrou de férias", brinca. "Foi muito difícil, mas chegar a uma semifinal de Campeonato Gaúcho com o São José já significa muito. Agora a gente sonha com algo maior, estamos a dois jogos de fazer algo muito grande", comenta.

Divulgação

A fama na base do Inter se construiu pelos gols em série. No time infantil, juvenil, sub-20. Até que em 2009 Porcellis foi emprestado ao Brasil de Pelotas e iniciou uma peregrinação que duraria nove anos longe do país. No ano passado, resolveu voltar para casa.

"Eu fiquei nove anos fora do Brasil, queria me relançar aqui. Eu voltei porque centroavante é algo raro aqui. São poucas opções no mercado e eu sou dessa função", conta.

No São José, Porcellis marcou dois gols. O número não foi maior, também, por uma lesão logo na estreia. A volta foi premiada com o chute que botou o clube na semifinal.

"Estar entre os quatro é praticamente um título para o São José. Estamos onde clubes mais tradicionais não chegaram. Só que o Brasil tem uma grande torcida, uma boa equipe. Essa confiança das quartas vai nos ajudar. Vai fazer a gente sonhar", repete.

O sonho é enorme para um clube chamado de 'mais simpático'. O São José fica sediado na zona norte de Porto Alegre, com estádio cravado em meio a quadras de society e sede social. O apelido vem da relação de torcedores da dupla Gre-Nal. Sendo o outro time da cidade, o 'Zequinha' sempre recebeu apoio.

Nos últimos anos, o São José tem conquistado títulos. Faturou a Copa FGF, disputada sempre no segundo semestre, e a Recopa Gaúcha. Só que o Estadual é diferente.

"No primeiro turno o pensamento era ficar, pontuar para escapar do rebaixamento. Depois, com as vitórias em casa, a gente passou a pensar em classificar. E chegar às quartas já era demais. Quando chegamos, conseguimos. Chegar na semifinal com o São José não é normal. Isso torna tudo melhor", resume Porcellis.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos