'Fome', história e agenda. Por que Grêmio quer tanto o Gauchão

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Gremio FBPA

    O volante Arthur volta a ser titular do Grêmio 116 dias depois e já negociado com Barcelona

    O volante Arthur volta a ser titular do Grêmio 116 dias depois e já negociado com Barcelona

O Grêmio quer, e muito, ganhar o Campeonato Gaúcho. Depois de minimizar o Estadual durante vários anos, o Tricolor entra de cabeça na corrida pela taça e existe mais de um motivo que explica essa posição atual. O desejo pela conquista do Gauchão vai ao encontro da ideia de 'fome de títulos' difundida por Renato Gaúcho desde 2016. Também significa entrar para a história ao encerrar o jejum de quase oito anos. E igualmente leva em conta a agenda vazia.

O Grêmio joga a segunda partida do grupo 1 da Libertadores em 4 de abril, contra o Monagas-VEN. E estreia no Brasileirão no dia 15, diante do Cruzeiro. Fora isso, tem agenda livre. Ou seja, nenhum impeditivo para botar força máxima no Estadual.

"Eu estou mobilizando, inclusive a torcida, para o objetivo maior. Só temos esse objetivo. Nosso objetivo é buscar esse título. O Grêmio não ganha há oito anos, eu não tenho esse título. Vamos buscar passar pelo Avenida e ir atrás do título. Vou ter uma conversa muito séria com meu grupo, na hora do vídeo, para a gente se mobilizar", disse Renato Gaúcho.

As palavras do treinador puxam um discurso que toma, cada vez mais, corpo. A luta por um título que ajude a eternizar o elenco na história do Grêmio. "Estamos querendo muito esse campeonato pelos oito anos (de jejum). E por esse grupo estar vencendo, botando seu nome na história do clube e ainda não ter esse título", comentou Marcelo Grohe, um dos remanescentes do elenco que venceu pela última vez o Gauchão.

A última taça do Estadual que repousa no museu do Grêmio tem escrito 2010. Naquele ano, o Tricolor era treinado por Silas e bateu o Inter na decisão. Vitória de 2 a 0 no Beira-Rio e derrota por 1 a 0 no estádio Olímpico. Renato Gaúcho chegou ao clube meses depois.

Em 2011, o Grêmio perdeu nos pênaltis para o Internacional. No ano seguinte sequer chegou à final. A história se repetiu em 2013. Em 2014, perdeu a taça de novo em um clássico e com direito a goleada: 4 a 1. Em 2015 também foi vice para o Colorado. E em 2016 caiu na semifinal para o Juventude. No ano passado, também vacilou na penúltima fase ao perder nos pênaltis para o Novo Hamburgo, que depois se sagrou campeão.

AVENIDA x GRÊMIO
Data e hora
: 25/03/2018 (Domingo), às 16h (Brasília)
Local: estádio dos Eucaliptos, em Santa Cruz do Sul (RS)
Transmissão na TV: RBS TV e PPV
Árbitro: Jean Pierre Lima
Auxiliares: Elio Nepumoceno e Gustavo Schier

AVENIDA: Fabiano Heves; Itaqui, Claudinho, Luís Henrique e Roger; Toto, Fidélis; Tchelê (Baiano), Alexandre e Cleverson; Welder.
Técnico: Fabiano Daitx

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Léo Moura, Kannemann, Bressan e Cortez; Arthur, Jaílson, Ramiro, Luan e Everton; Jael.
Técnico: Renato Gaúcho

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos