Renato Gaúcho evita euforia após vitória do Grêmio: "Não está definido"

Do UOL, em Porto Alegre

O Grêmio está na final do Gauchão, certo? Para o técnico Renato Gaúcho, ainda não. O treinador usa o exemplo do Gre-Nal e evita euforia mesmo após fazer 3 a 0 no Avenida fora de casa no jogo de ida da semifinal.

A situação é praticamente a mesma do duelo das quartas de final, quando o Grêmio venceu seu arquirrival por 3 a 0 na Arena do Grêmio. Na partida de volta, no Beira-Rio, foi derrotado por 2 a 0, mas conseguiu a classificação. Na semifinal, a diferença é mais cômoda, já que o Avenida jogou em casa neste domingo e terá de reverter a diferença em Porto Alegre.

"Temos mais 90 minutos e nada está definido. Temos o exemplo do último Gre-Nal e o mais importante hoje foi o rendimento do time", afirmou. "Temos a próxima partida. É uma larga vantagem, mas não está 100%. Não está definido. Temos que garantir a classificação para a final. Depois vamos pensar nos outros 180 minutos, da decisão. Temos mais 90 minutos na quarta-feira. A vantagem foi importante, mas a consciência do grupo é importante. Eu falo com eles diariamente para respeitar o adversário e buscar o resultado. O objetivo maior é a classificação, depois o título", completou.

O Grêmio pode até perder por dois gols que irá à final do Gauchão. Se perder por 3 a 0, a decisão vai para pênaltis. Agora, se levar quatro ou mais, o Avenida decide. O rival sairá do jogo entre Brasil de Pelotas e São José-RS.

"O importante é os jogadores aproveitarem as chances. Todos estão aproveitando. Infelizmente nem todos irão jogar. Mas enquanto isso o time irá crescendo", disse.

O duelo de volta das semifinais do Gauchão será na quarta-feira às 21h45 (de Brasília), na Arena.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos