Dupla Gre-Nal leva multa por confusão e cadeiras quebradas em clássico

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Marinho Saldanha/UOL

    Clubes escaparam de perda de mando de campo e pagarão, cada um, R$ 20 mil de multa

    Clubes escaparam de perda de mando de campo e pagarão, cada um, R$ 20 mil de multa

Grêmio e Internacional foram multados em R$ 20 mil pelas confusões no clássico 413, válido pela última rodada da fase de classificação do Campeonato Gaúcho. A punição foi definida nesta terça-feira (27), em julgamento no TJD-RS (Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Sul). Os dois clubes escaparam de uma sanção com perda de mando de campo.

O julgamento originalmente iria acontecer na terça-feira da semana passada (20), mas acabou remarcado.

No dia 11 de março, Inter e Grêmio se enfrentaram no Beira-Rio e o Tricolor venceu. Durante o clássico, houve quebra de cadeiras. Antes da bola rolar, teve conflito fora do estádio.

A denúncia do TJD-RS enquadrou o Internacional duas vezes em um mesmo artigo. O Colorado, assim, podia perder até 20 mandos de jogo. O Grêmio corria risco de 10 perdas de mando. Os clubes acabaram sendo apenas multados pelos incidentes.

O julgamento ainda analisou denúncia sobre outros dois incidentes. O arremesso de uma pedra ao ônibus com a delegação do Grêmio e a expulsão de Cristiano Nunes, preparador físico do Inter, no segundo tempo do clássico. Em ambos os casos houve absolvição.

Grêmio e Internacional se enfrentaram três vezes em um período de 10 dias. O Tricolor venceu os dois primeiros jogos e o Colorado saiu com a vitória no último. A equipe de Renato Gaúcho segue no Campeonato Gaúcho, com um pé na final, e o time de Odair Hellmann volta a atuar somente em 11 de abril, diante do Vitória, pela Copa do Brasil.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos