UOL Esporte Campeonato Goiano
 
10/04/2010 - 17h57

Na reabertura do Serra, Goiás empata com Atlético-GO em 'dia de Harlei'

Do UOL Esporte
Em São Paulo

Ninguém balançou as redes na reabertura do Serra Dourada, neste sábado. Em jogo válido pelas semifinais do Campeonato Goiano, o Atlético-GO esbarrou na excelente atuação do goleiro Harlei e saiu de campo com um frustrante empate por 0 a 0 diante do Goiás. Apesar das diversas chances não concretizadas, o resultado mantém a vantagem do Atlético-GO, que joga por duas igualdades e pode garantir vaga nas finais caso não sofra gols no jogo de volta, no próximo dia 18.

O Atlético-GO possui esta vantagem pois terminou a primeira fase do Estadual na primeira colocação, enquanto o Goiás ficou em quarto lugar. O duelo de volta acontece novamente no estádio Serra Dourada, que ficou fechado cerca de quatro meses para reformas. O outro confronto das semifinais coloca Vila Nova-GO e Santa Helena frente à frente. O primeiro jogo entre as duas equipes acontece neste domingo, também no Serra Dourada.

O jogo, que contou com 23.373 espectadores no 'novo' estádio iniciou bastante movimentado. O Goiás, especialmente através de seus três atacantes – Fernandão, Felipe e Rafael Moura – envolvia a defesa do Atlético-GO, que também chegava com perigo quando conseguia partir para o ataque. O gramado, apesar de não estar em condições ideais, não impedia o bom andamento da partida, mas às vezes atrapalhava em um lance ou outro, como em chance perdida pelo atacante Juninho.

Com o passar do tempo, o Atlético-GO encontrou o caminho para seu jogo pelo lado direito de seu ataque e começou a preocupar a defesa do Goiás, inclusive perdendo boas oportunidades cara a cara com Harlei, que fez pelo menos três excelentes defesas. Porém, em jogada de Wellington Saci, Rafael Tolói recebeu e encheu a bomba; a bola explodiu na trave. O Goiás ainda teve um gol de Rafael Moura, de cabeça, anulado pelo assistente que viu impedimento no lance.

Mesmo com o gol anulado, a saída por intervalo foi marcado por muitas reclamações do técnico Geninho e do presidente do Atlético-GO, Valdivino José de Oliveira, que inclusive pediu para o árbitro Olivaldo Pereira ‘tirar a camisa verde’. Já o treinador do time visitante cobrou mais coerência na distribuição dos cartões. Logo no primeiro lance do segundo tempo, Harlei mais uma vez salvou a equipe esmeraldina após desvio de cabeça do zagueiro Jairo.

A pressão do Atlético-GO continuou, e Juninho desperdiçou mais uma oportunidade, em outra boa defesa do goleiro do Goiás. Em seguida, o ritmo de jogo diminuiu um pouco e o duelo passou a ficar mais equilibrado. O time esmeraldino melhorou com as alterações do técnico Jorginho (William e Romerito nos lugares de Fábio Bahia e Rafael Moura). No finalzinho do jogo, foi a vez do goleiro Márcio salvar o Atlético-GO e garantir o importante empate para o confronto de volta.

"Continua em aberto. Foram apenas 90 de 180 minutos", falou Harlei, destaque do jogo, após o apito final. "O zero a zero não foi justo pelas qualidades da equipe, mas os goleiros foram muito bem, agora é concentrar na outra partida", analisou o atacante Fernandão, destacando também a boa participação do goleiro Márcio.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host