UOL Esporte Campeonato Inglês
 
12/09/2009 - 13h04

Sem Tevez e Robinho, City bate o Arsenal e segue 100%; Chelsea vence a 5ª

São apenas quatro partidas, mas Manchester City dá sinais de que vai brigar para conquistar o título do Campeonato Inglês e acabar com a hegemonia do rival Manchester United. Mesmo sem os contundidos Tevez e Robinho, derrotou o forte Arsenal por 4 a 2, neste sábado, e manteve 100% de aproveitamento no início de Premier League. Já o Chelsea sofreu para derrotar de virada o Stoke City por 2 a 1, enquanto o Liverpool goleou o Burnley por 4 a 0.

O personagem da partida em Manchester foi o togolês Adebayor. Foi seu reencontro com seu ex-clube, o Arsenal. E deixou sua marca. Fez o terceiro gol do City e foi comemorar em frente aos torcedores londrinos. Recebeu cartão amarelo e causou revolta da agora torcida adversária. O resultado mostra a força do Manchester City na competição nacional.

Apesar de ser a quinta rodada, atuou apenas quatro vezes. Venceu todas. Com isso, chega aos 12 pontos, três a menos que o líder e também invicto Chelsea. O Arsenal, por outro lado, continua com uma campanha irregular. São suas vitórias e duas derrotas --seis pontos.

Mas o primeiro tempo em Manchester deixou a desejar. Os londrinos, por exemplo, criaram bem pouco e não deram um chute certo sequer em toda a etapa inicial. Aliás, a única finalização certa nos primeiros 45 minutos foi do Manchester City. Aos 19min, Richards subiu mais alto que a defesa rival e, de cabeça, fez 1 a 0 --antes de entrar, a bola bateu nas costas do goleiro Almunia.

O Arsenal não tinha alternativa. Precisava voltar com uma postura diferente. E foi justamente o que aconteceu. Exigiu duas complicadas defesas do goleiro Given nos primeiros minutos. De tanto insistir, chegou ao empate, com Van Persie, aos 16min, num belo arremate cruzado. Parecia que o Manchester sentiria a pressão. Ledo engano. A equipe cresceu e soube aproveitar os espaços no campo.

Aos 28min, Bellamy colocou os donos da casa em vantagem. Seis minutos mais tarde, Adebayor cabeceou com classe e ampliou para 3 a 1. Logo depois, aos 38min, Wright-Phillips aproveitou rápido contra-ataque e tocou com classe por cima do goleiro. No final, Rosicky ainda diminuiu (4 a 2), mas não evitou o revés.

Chelsea mantém campanha perfeita
Enquanto isso, o Chelsea sofreu para manter sua "campanha perfeit". Derrotou de virada o Stoke City por 2 a 1, com gols nos minutos finais da partida. Faye abriu o marcador para os anfitriões, aos 31min do primeiro tempo, enquanto Drogba igualou, aos 45min da etapa inicial. Quando tudo parecia que o time comandado por Carlo Ancelotti conheceria seu primeiro tropeço, Malouda, aos 45min do segundo tempo, fez o gol da vitória dos londrinos.

O Liverpool confirma sua recuperação. Hoje, não teve dificuldades para derrotar o Burnley por 4 a 0, em casa. Assim, subiu para nove pontos. Destaque para Benayoun, que anotou três tentos --o holandês Kuyt completou. Outros jogos: Blackburn Rovers 3 x 1 Wolverhampton; Portsmouth 2 x 3 Bolton; Sunderland 4 x 1 Hull City e Wigan 1 x 0 West Ham.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host