UOL Esporte Campeonato Inglês
 
22/09/2009 - 11h03

Manchester City decide não abrir ação contra Bellamy por agredir torcedor

Nesta terça-feira, o Manchester City afirmou que não tomará qualquer medida contra Craig Bellamy. O atacante se envolveu em uma polêmica por agredir um torcedor que invadiu o gramado do estádio Old Trafford ao final do dérbi contra o Manchester United, neste domingo, pelo Campeonato Inglês.

O clube alegou que o jogador teria razões para temer por sua própria segurança, por isso descartou a possibilidade de abrir uma ação disciplinar interna. "Para mim, ele pensou que o homem poderia cuspir em seu rosto, ou algo do gênero. Ele chegou muito perto, avançou na direção dele. Bellamy, com a mão aberta, apenas o afastou", disse o assistente técnico Mark Bowen.

No entanto, tanto a polícia como a federação inglesa (FA) pensam de forma diferente e ambos investigam o caso. A FA deve anunciar até o fim desta semana se Bellamy será indiciado por "conduta imprópria" e pode ser punido com multa e suspensão.

Já o torcedor foi detido pela polícia e responderá pelo incidente. O invasor não registrou uma queixa formal contra Bellamy pela agressão, mas mesmo assim as autoridades investigarão o ocorrido.

Com um gol marcado por Michael Owen aos 50 minutos do segundo tempo, o Manchester United derrotou o Manchester City por 4 a 3. Os Red Devils ocupam a vice-liderança do Campeonato Inglês com 15 pontos, três a menos do que o Chelsea. Os Citizens perderam os 100% de aproveitamento e aparecem em quarto, com doze pontos e um jogo a menos.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host