UOL Esporte Campeonato Inglês
 
03/10/2009 - 15h29

Nos acréscimos, Manchester evita revés, mas vê ponta ameaçada

O Manchester United vinha embalado por cinco vitórias seguidas no Campeonato Inglês e jogava em casa diante do Sunderland. Na teoria, tinha tudo para alcançar mais três pontos. Mas esteve próximo de perder. Com um gol contra anotado nos acréscimos da etapa final, o time do brasileiro Anderson apenas empatou por 2 a 2, neste sábado, e corre o risco de deixar a primeira colocação da Premier League.

O tropeço não estava nos planos dos atuais campeões. Vai dormir como líder, com 19 pontos, mas basta uma simples vitória do Chelsea (18 pontos) no clássico contra o Liverpool, no domingo, para que o elenco londrino encerre a oitava rodada na ponta da competição nacional. Já o Sunderland contabiliza 13 pontos.

Hoje, Alex Ferguson decidiu poupar alguns jogadores que participaram da partida diante do Wolfsburg pela Liga dos Campeões. O brasileiro Anderson, Carrick, Valencia e Ferdinand, por exemplo, iniciaram no banco de reservas --Giggs sequer foi relacionado. Teve pouco tempo para saber se essas alterações dariam resultado. Logo aos 6min, Bent arriscou de fora da área e bateu no canto direito de Foster.

Era tudo que os visitantes queriam. A proposta de anular as principais peças do rival e tentar encaixar um contra-ataque foi eficiente na etapa inicial. Não bastasse isso, o Manchester errava muitos passes. Visivelmente irritado, Rooney pouco produzia ofensivamente ainda viu sua equipe, que deu apenas um chute certo ser vaiada.

Para o segundo tempo, Anderson entrou no time. E a postura também foi diferente. Aos 5min, Berbatov aproveitou cruzamento da direita e fez um belo gol de voleio. 1 a 1. Parecia que o gol da virada era questão de tempo. Os Red Devils sufocavam o rival. No entanto, sua defesa não estava num dia inspirado. Aos 13min, Jones marcou o segundo após falha do goleiro Foster.

O Manchester United "sentiu o golpe". A pressão do começo do segundo tempo resultou em nervosismo. Na base da vontade, criou algumas oportunidades, com Welbeck e Rooney. O Sunderland ainda teve um jogador expulso (Richardson). De tanto insistir, fez o gol de empate. Nos acréscimos, Anton Ferdinand tentou desviar chute de Evra, mas marcou contra e selou o empate no estádio Old Trafford.

Tottenham falha, e Portsmouth vence a 1ª
Não foi apenas o Manchester United que tropeçou. O Tottenham desperdiçou a oportunidade de colar nos primeiros colocados. Não foi além de um empate por 2 a 2 contra o Bolton, fora de casa. Por isso, subiu para 16 pontos. Kranjcar e Corluka marcaram para o Tottenham, enquanto Gardner e Davies anotaram para os anfitriões, que somam apenas oito pontos.

Ainda neste sábado, o Portsmouth colocou ponto final numa sequência de sete derrotas consecutivas. Até, então não havia contabilizado um ponto sequer. Derrotou o Wolverhampton por 1 a 0, fora de casa. No entanto, permanece na lanterna da Premier League. Com gol do brasileiro Geovanni, o Hull City superou o Wigan por 2 a 1. Pelo mesmo resultado, o Burnley superou o Birmingham.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host