UOL Esporte Campeonato Inglês
 
25/10/2009 - 16h12

Arsenal cede à reação do West Ham, empata dérbi e fica longe do Chelsea

O Arsenal desperdiçou neste domingo uma grande oportunidade de grudar nos líderes Chelsea e Manchester United. Depois de abrir uma vantagem de 2 a 0, o time de Arsene Wenger permitiu que o West Ham buscasse o empate por 2 a 2 no segundo tempo e amargou um resultado que o distanciou dos candidatos ao título do Campeonato Inglês ao final da décima rodada.

A igualdade no estádio Boleyn Ground permitiu que o Arsenal alcançasse os 19 pontos e pulasse para o terceiro lugar, com um jogo a menos que os rivais. Entretanto, a diferença para a liderança aumentou depois da goleada do Chelsea por 5 a 0 sobre o Blackburn Rovers, elevando os Blues aos 24. Já o West Ham seguiu na penúltima colocação, com apenas seis pontos.

Mesmo atuando na casa do adversário, o Arsenal não se acanhou e construiu uma vantagem sólida no primeiro tempo. O time visitante abriu o marcador no estádio Boleyn Ground aos 16min, quando o lateral francês Bacary Sagna avançou pela direita, levantou na área e contou com uma saída errada do goleiro Robert Green. O arqueiro não alcançou o cruzamento e deixou a bola na pequena área para o atacante holandês Robin van Persie, livre, empurrar para as redes.

Ainda na etapa inicial, a equipe de Wenger conseguiu ampliar a vantagem em outra jogada aérea. Dessa vez aos 36min, Van Persie cobrou escanteio na pequena área e o zagueiro francês William Gallas subiu mais que seus marcadores para cabecear forte, colocando o placar em 2 a 0.

O West Ham, entretanto, reduziu a vantagem do Arsenal aos 28min do segundo tempo. O meia italiano Alessandri Diamanti cobrou falta, o goleiro Vito Mannone espalmou e deu rebote para o centroavante Carlton Cole cabecear de peixinho e marcar o primeiro dos donos da casa. Com moral, os Hammers foram para o ataque e conquistaram o empate aos 35min. O zagueiro camaronês Alexander Song cometeu pênalti em Cole e Diamanti converteu.

Ainda que tenha ficado com um homem a mais em campo nos minutos finais, depois da expulsão do meio-campista Scott Parker, do West Ham, aos 40min, o Arsenal não teve fôlego para retomar a frente no marcador.

Tropeço do City

Em outro jogo deste domingo, o Manchester City decepcionou sua torcida ao empatar em casa por 2 a 2 com o Fulham, depois de também ter aberto uma vantagem de 2 a 0 - mas no segundo tempo. Com o resultado, o time que conta com o brasileiro Robinho terminou a rodada na sexta colocação, com 18 pontos. O Fulham, com 11, é o 13º.

Depois de um empate sem gols no primeiro tempo no estádio Cidade de Manchester, os mandantes abriram a contagem aos 9min da etapa complementar com o zagueiro Joleon Lescott e ampliaram pouco depois, aos 15, com o meio-campista búlgaro Martin Petrov. O Fulham, porém, reagiu rapidamente: o meia irlandês Damien Duff descontou aos 17min e o também armador norte-americano Clint Dempsey empatou aos 23.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host