UOL Esporte Campeonato Inglês
 
30/01/2010 - 17h26

Chelsea sofre, mas bate ameaçado Burnley e mantém a ponta do Inglês

Do UOL Esporte
Em São Paulo

O clássico entre Arsenal e Manchester United, agendado para este domingo, não valerá a liderança do Campeonato Inglês. Tudo isso porque o Chelsea fez sua parte, derrotou o ameaçado Burnley por 2 a 1, fora de casa, e se manteve na primeira colocação da Premier League.

Assim, o time do brasileiro Alex subiu para 54 pontos, quatro a mais que Manchester United e cinco à frente do Arsenal. Ou seja, a principal partida da rodada, que será disputada no Emirates Stadium, definirá “apenas” qual equipe será a vice-líder. Já o Burnley permanece na zona de rebaixamento (20 pontos) e conhece seu 12º jogo seguido sem vencer no Inglês

Para o jogo deste sábado, o técnico Carlo Ancelotti decidiu poupar Drogba e Kalou, que defenderam a seleção da Costa do Marfim durante a Copa Africana de Nações. Apesar disso, esperava-se pouca dificuldade contra um adversário ameaçado pelo rebaixamento. Apesar disso, não era tão perigoso. No entanto, foi feliz numa de suas chances.

Aos 26min, após rápido contra-ataque, Joe Cole cruzou para Malouda, que ajeitou de cabeça para Anelka, livre, tocar para o fundo das redes. O Burnley não se desesperou. Manteve uma postura até certo ponto defensiva. O Chelsea, por outro lado, não aproveitou esse detalhe.

Não bastasse isso, foi surpreendido no começo da eapa final. Aos 4min, o brasileiro Alex não conseguiu cortara bola lançada para Fletcher. Recebeu um chapéu e ainda viu o camisa 9 do Burnley deixar tudo igual. Os londrinos tentaram reagir. Logo depois, aos 10min, Joel Cole chegou a empatar, mas estava impedido.

Os londrinos não se incomodaram e partiram para cima dos rivais. Criaram algumas oportunidades, mas só conseguiram marcar aos 41min. Após cobrança de escanteio, o zagueiro Terry cabeceou forte e fez o tento que manteve o time londrino na liderança do Campeonato Inglês.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host