UOL Esporte Campeonato Inglês
 
26/02/2010 - 12h51

Afundado em dívidas, Portsmouth entra em concordata

Das agências internacionais
Em Londres (ING)
  • Jogadores do Portsmouth treinam no dia em que foi anunciada a administração judicial, devido a dívidas

    Jogadores do Portsmouth treinam no dia em que foi anunciada a administração judicial, devido a dívidas

O Portsmouth tornou-se nesta sexta-feira o primeiro clube inglês a ter sua administração alterada devido às suas dívidas. O time entrou em concordata por não conseguir pagar seus credores, dois anos depois de ter sido campeão da Copa da Inglaterra.

O clube está oficialmente sob administração judicial, algo inédito no Campeonato Inglês. A medida protege os credores do Portsmouth, que tem uma dívida que bate na casa das 70 milhões de libras, o equivalente a quase R$ 200 milhões.

Além disso, a equipe será penalizada com um desconto de nove pontos na classificação da Primeira Divisão Inglesa. Atualmente, o Portsmouth é o lanterna, com sete pontos de desvantagem para o penúltimo colocado. A punição praticamente confirma seu rebaixamento.

Este problema coloca o clube como a primeira vítima notável do endividamento em massa dentro do futebol inglês e a administração judicial o protege contra a falência. O dono Balram Chainrai não conseguiu achar compradores e decidiu-se pela administração judicial.

A solução será rever contratos e não está descartado o cancelamento de contratos com jogadores, reduzindo os gastos atuais.

Um comunicado recente da Uefa tornou pública a crise, dizendo que os ingleses são os clubes com mais dívidas na Europa. A situação financeira de dois gigantes do país, Manchester United e Liverpool, também preocupa.

A Fifa anunciou que examinará no próximo dia 18 de março os problemas do futebol inglês.

Fundado em 1898, p Portsmouth foi duas vezes campeão do Campeonato Inglês, em 1949 e 1950. Além disso, ganhou a Copa da Inglaterra em 1939 e 2008.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host